30 abril 2011

Minha Casa entregará 500
mil imóveis até o final do ano


Segundo ministra do Planejamento, Miriam Belchior, mais de
70% da meta inicial de 1 milhão de casas já está em andamento

Ministra afirmou que corte em recursos do programa não vai impedir o seu desenvolvimento
A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, afirmou nesta terça-feira (26) que o número de 500 mil casas entregues pelo programa Minha Casa, Minha Vida deverá ser alcançado até o final do ano. Segundo Miriam, mais de 70% da meta inicial de 1 milhão de casas já está em andamento. A ministra participa no Congresso Nacional de audiência conjunta das comissões de Orçamento, Finanças e Tributação e Desenvolvimento Urbano.

A ministra afirmou que o corte realizado em recursos do programa não vai impedir o seu desenvolvimento. Ela destacou que os recursos de 2011 são superiores aos aplicados no ano passado, mesmo com o corte, e serão suficientes. "Estes recursos 5% acima do ano passado serão suficientes para garantir os contratados. Nós entregamos 250 mil casas e, até o final do ano, chegaremos a 500 mil". Ela afirmou que o dinheiro a ser aplicado também servirá para o início da segunda fase do programa.

Ela garantiu ainda que a construção de casas continua sendo um "compromisso" da presidente Dilma Rousseff. Miriam também disse que o governo espera a aprovação do Congresso de Medida Provisória sobre o tema.

A ministra seguiu sem dar posições claras sobre a questão dos restos a pagar. Ela disse concordar que as emendas parlamentares são "importantes", mas disse que é preciso enfrentar o tema sobre o cancelamento. Miriam Belchior não foi definitiva também sobre a reclamação de deputados de que a Caixa Econômica Federal não poderia ter mais exclusividade sobre a liberação de recursos de convênios. Ela afirmou que a solução pode ser o fortalecimento da Caixa, a abertura a outros bancos ou até uma fórmula combinada dos dois caminhos.
(Hoje em Dia)
30 de Abril – Dia Nacional da Mulher

Foi no dia 30 de abril que nasceu a fundadora do Conselho Nacional da Mulheres, Jerônima Mesquita. Como homenagem àquela extraordinária mulher, grande filantropa, foi escolhido o dia de seu nascimento para se comemorar o Dia Nacional da Mulher. A data comemorativa foi criada pela Lei nº 6.791 de 9 de junho de 1980.

Derrubaram-se tabus, obstáculos foram vencidos, a ocupação dos espaços foi iniciada. Graças à coragem de muitas, as mulheres conquistaram o direito ao voto, a chefia dos lares, colocação profissional, independência financeira e liberdade sexual. Apesar de válidas, essas aberturas ainda são uma gota num oceano de injustiças e preconceitos.

No último século, o movimento feminista contribuiu imensamente para a efetivação das conquistas das mulheres. Embora muito tenha sido feito, as respostas às questões femininas são pouco eficazes, já que os homens ainda detêm a hegemonia em diversos setores sociais. As políticas públicas ainda devem muitos feitos à população feminina.

Prova da necessidade de maior reconhecimento da mulher é a própria institucionalização de uma data-homenagem; se a sociedade efetivamente tivesse incorporado a idéia de que os dois sexos estão em pé de igualdade, não haveria necessidade de se criar um dia para lembrá-la; seria uma atitude inútil e redundante.

A busca incessante por um lugar ao sol está apenas começando. As mulheres seguem às voltas com os mais variados tipos de violência: no lar, no trabalho e na sociedade. São vítimas, na maioria das vezes silenciosas e indefesas, de agressões físicas, sexuais e psicológicas de todos os tipos e intensidades. E de outras tantas formas de violência, bem mais sutis, embora não menos perversas, como a desvalorização no mercado de trabalho (recebendo salários sempre menores do que os homens que exercem as mesmas funções), as dificuldades de ascensão a postos de comando (nas empresas e na política) e a dupla jornada, entre outras tantas.

Ao contrário do que se possa pensar, não é necessária uma "Guerra dos Sexos" para que o quadro de injustiças se reverta. Sem destituir-se de sua feminilidade, as mulheres podem engajar-se numa luta forte, mas não necessariamente agressiva. Provar ao mundo que não é necessário se revestir de um invólucro masculino para intimidar seus oponentes. A força feminina é suave e poderosa por si só.

A história de lutas e conquistas de tantas mulheres, muitas delas mártires de seu ideal, no decorrer de quase dois séculos, leva a humanidade a iniciar um novo milênio diante da constatação de que ela buscou e conquistou seu lugar. Mais que isso, assegurou seu direito à cidadania, legitimando seu papel enquanto agente transformador.
(Fonte: Planeta news)

                               Mulher...
                      Tens sete sentidos
                      Sete chaves de poder
                      Mulher...
                      Mística flor, pétala serena
                      Seiva suave de uma árvore suprema
                      Indecifrável mulher...

                                     Força felina e manhosa
                                     Mulher frágil e poderosa
                                     Sobretudo mulher...

                     Um sopro de vida no mundo
                     Alma do sonho e da dor
                     És assim quase perfeita
                     Perfeita dádiva do Criador...

                               (autor desconhecido)

29 abril 2011

Homem Aranha é
condenado a 48 anos de prisão

CARATINGA  - Foram mais de 10 horas de julgamento. Durante os debates, promotora afirma aos jurados: “Se Homem Aranha for solto ele vai cometer outros crimes. Ele é frio e calculista”
Geraldo Marcelino Moreira foi condenado a 48 anos de prisão pelo assassinato de Thaís e Natália. A sentença do Homem Aranha foi lida pelo Juiz José Venâncio de Miranda Neto por volta das 18h30 da noite desta quinta-feira (28/04).

Homem Aranha foi condenado a 48 anos de reclusão pelas mortes das meninas Thaís e Natália em 2002. 2/5 da pena deverão ser cumpridos em regime fechado. Geraldo Marcelino foi levado novamente para o presídio de Ipaba onde vai cumprir a pena.
(Super Canal)
Circuito Nacional de
Damas em Raul Soares

Clique na foto para ampliar
Cerca de trinta atletas de quinze cidades brasileiras estarão reunidos no salão nobre da Câmara Municipal de Raul Soares, neste feriado de 1º de maio, para desafiar os anfitriões em mais um concorrido torneio de damas de alto nível.

O início dos jogos está previsto para às 9:00 h e já está confirmada a presença de vários Campeões Mineiros, que estarão prestigiando o evento.

Raul Soares estará como sempre bem representado por seus conhecidos damistas Zezé Reis, João Leal, Tuim e outros, já consagrados em vários torneios.
(Pascoal On Line)
Vereador Wilson de Pico propôs
ação civil pública contra o Saae

Clique na imagem para ampliar


ABRE CAMPO - O vereador Wilson de Pico (foto), propôs junto ao Ministério Público uma ação civil pública com o fim de reduzir o percentual de 30% sobre o valor da tarifa de água, cobrado da população abre-campense pelo Saae.


Vereador solicita redução de tarifa do Saae
O vereador Wilson Ulisses dos Reis “Wilson de Pico” solicitou que fosse levado ao conhecimento dos demais vereadores a urgente necessidade de redução do percentual cobrado da população abre-campense pelo Saae/Serviço Autônomo de Água e Esgoto.

Em sua justificativa, o vereador diz que os serviços de manutenção ou tarifa de esgoto na cidade é cobrado à margem de 30% (trinta por cento) sobre o valor da tarifa de água.

Diz, também, que ‘isto sem levar em conta que a autarquia já pega o barco andando, ou seja, já existe o serviço pronto, com rede sanitária construída pela prefeitura; seria o serviço do Saae a manutenção do que já existe’.

Com veemência o vereador Wilson de Pico, ainda, propôs uma ação civil pública com o fim de reduzir o percentual.

Em data de 11 de abril a Câmara Municipal oficiou ao Ministério Público do Estado de Minas Gerais, com sede em Abre Campo, propondo a ação proposta pelo vereador Wilson de Pico para proteção de direitos individuais homogêneos e solicitando que sejam tomadas as medidas cabíveis a fim de coibir a ilegalidade praticada pelo Saae.
O ofício foi assinado pelos demais vereadores.
Concurso de Quadrilha
em Santo Antonio do Grama










Com novas regras e mais prêmios!!!

R$ 1.000,00 para o 1º lugar;
R$    500,00 para o 2º lugar;
R$    300,00 para o 3º lugar;
R$      50,00 para o melhor casal de noivos;
R$      50,00 para o melhor marcador de quadrilha;
R$      50,00 para o melhor padre;
R$      50,00 para o destaque da quadrilha.

Forme sua equipe e participe!

Informações com Marcílio Medeiros (31) 8417-8287

28 abril 2011

Presidente do DEM admite
possibilidade de fusão com PSDB


O presidente nacional do DEM, senador Agripino Maia (RN), admitiu, nesta quarta-feira, a possibilidade de fusão da sigla com o PSDB. Ontem o ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso (PSDB) afirmou que "existem propostas" em andamento e que a preocupação é "manter a coesão dos partidos". "É algo a ser considerado, mas no momento apropriado", disse Agripino. De acordo com o senador, as conversas são informais, e o assunto não é prioridade no partido. "É possibilidade, e possibilidade é apenas possibilidade", tergiversou.

A discussão sobre uma possível fusão ganhou força com a recente debandada de filiados do DEM para o Partido Social Democrático (PSD), do prefeito paulistano Gilberto Kassab. Só na Câmara dos Deputados, a bancada de 43 deputados democratas deve perder pelo menos 11 parlamentares. Já no Senado, o partido perdeu sua representante do agronegócio, a senadora Kátia Abreu (TO). Além disso, há a perspectiva de saída do governador Raimundo Colombo (SC) nos próximos dias.

Na avaliação de Agripino, o comentário do ex-presidente Fernando Henrique indica apenas sua preocupação com a "solidez" da oposição ao governo da presidente Dilma Rousseff. "Ele apenas emitiu uma opinião sobre uma forma de a oposição ficar robusta", disse. Questionado sobre quando o assunto poderia se tornar prioridade para os dois partidos, o senador desconversou: "O momento será quando os partidos decidirem"
(Estado de Minas)
Bar obriga cliente sem
dinheiro a ficar de cueca

Namorada da vítima teria levado o cartão
de crédito e ele não teve como pagar a conta

O cliente de um bar no Bairro Lourdes, Região Centro-Sul, passou por uma situação constrangedora na madrugada desta quarta-feira (27). Por falta de dinheiro para pagar a conta, o homem foi obrigado a ficar somente de cueca.
 
Segundo a polícia, Vitor Estevão do Nascimento, 32 anos, estaria com a namorada no Bar Conservatório, na Rua Timbiras, entre a Avenida Bias Fortes e Rua São Paulo. A mulher teria ido embora e levado o cartão de crédito da vítima.

Impossibilitado de pagar a conta, ele tentou deixar o local, quando foi abordado por funcionários que ordenaram que ele tirasse suas roupas e ficasse apenas de cueca. A polícia foi acionada e o cliente, além do dono do bar, Guilherme de Oliveira Campos, 39 anos, foram conduzidos para 2ª Delegacia de Polícia do Centro.
(Hoje em Dia)
Convocação de suplentes gera
trocas na Assembleia de Minas

Decisão traz de volta Juninho Aráújo (PTB)

A herança de vagas de suplência pela coligação fará retornar ao PTB cadeira perdida para o PSB na Assembleia Legislativa. Com o posicionamento do tribunal, volta à Casa Juninho Araújo (PTB), que assumiu o cargo com a ida de Wander Borges (PSB) para a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de Minas Gerais. Os dois partidos participaram da mesma coligação nas eleições de 2010. O petebista, no entanto, foi obrigado a deixar a Assembleia em decisão liminar do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) que, com base em posicionamento em caráter também liminar do próprio STF, em fevereiro, deu a vaga a Romeu Queiroz (PTB). Conforme a decisão de dois meses atrás da Corte, a vaga deveria ser ocupada pelo partido. Queiroz, agora, terá que deixar a Assembleia.

Ao ser obrigado a sair do cargo, Juninho Araújo disse que recorreria da decisão. Afirmou ainda ter sentido seus “direitos constitucionais violados”. Já Romeu Queiroz, logo em seguida à decisão do TJ, declarou ter certeza de que conseguiria seguir com o mandato. A decisão do TJ foi em sentido contrário da que a Mesa-Diretora da Assembleia Legislativa ensaiava adotar. O comando da Casa queria utilizar como critério para a convocação de suplentes a ordem de votação da coligação, como ficou entendido nessa quarta-feira com a decisão do STF.

O julgamento na Corte poderia impactar também na configuração partidária da Câmara de Vereadores de Belo Horizonte. O PMN estudava entrar com ação para retomar a vaga do ex-vereador Wellington Magalhães, cassado por abuso de poder econômico nas eleições de 2008. A cadeira foi assumida por Daniel Nepomuceno (PSB), suplente da coligação da qual os dois partidos fizeram parte na disputa dois anos e meio atrás.

Com as liminares do STF e do Tribunal de Justiça, que davam a vaga ao partido, e não à coligação, a legenda, com a possível ação, tentaria repassar a cadeira para Edmílson Nascimento, o segundo mais votado do PMN, atrás de Magalhães. Nessa quarta, no entanto, o ex-parlamentar, que também é presidente municipal do partido, disse que aguardaria o julgamento do mérito da ação pelo STF, que acabou dando às coligações o direito de assumir as vagas de suplentes.
(Estado de Minas)
Presa quadrilha que faturou
R$ 2 bilhões com roubo de caminhões

Delegado de Polícia de Abre Campo, Carlos Roberto Souza - foto - ajuda na
prisão de quadrilha que faturou R$ 2 bilhões com roubo de caminhões na região

Uma quadrilha de falsificação de documentos para caminhões roubados foi presa nesta semana após sete meses de investigação. A operação que contou com 120 policiais bem armados. Um pelotão de 20 delegados comandou a ação.
Era madrugada quando o comboio partiu para Volta Redonda e Barra do Piraí, no Rio de Janeiro, e Rio Preto e Santa Bárbara do Monte Verde, em Minas Gerais.

Segun
do a polícia, a quadrilha agia principalmente no cruzamento das BR-262, que liga Belo Horizonte a Vitória, com a BR-116, também conhecida como Rio-Bahia. Boa parte da frota de caminhões que circula pelo país passa por essa região. São trechos cheios de subidas e muitas curvas, que fazem o motorista diminuir a velocidade.

Dois rapazes que faziam parte do esquema foram presos no final do ano passado. No depoimento, eles dizem quanto ganhavam com o roubo de cada caminhão. “Ganhava mais ou menos R$ 500”, disse um dos rapazes, que revela ainda quem encomendava os caminhões roubados.

"O cabeça forte é o Ronaldo. Zé Luiz tinha contato com o Ronaldo, e o Ronaldo passava as coordenadas para o Zé Luiz de qual caminhão queria", disse.
Ronaldo José Fernandes é vereador de Pedra Bonita, cidade do interior de Minas. Ele tinha dois comparsas: José Carlos de Oliveira, que já foi candidato a prefeito na cidade, e José Luiz, que fazia a ponte entre os políticos e os assaltantes. Os três foram presos em dezembro do ano passado.

Falsificação de documentos
De acordo com a polícia, a quadrilha também estava infiltrada em Ciretrans, que são as subdivisões dos departamentos de trânsito. Os criminosos conseguiam com facilidade falsificar os documentos e emplacar os veículos.

Muitos caminhões eram supostamente licenciados em Rio Preto, a cidade mineira que fica na divisa com o Rio de Janeiro. No município, com pouco mais de cinco mil habitantes, quase não se vê caminhões rodando pelas ruas, mas na cidade estão registrados quase mil.
Muitos dos veículos supostamente emplacados em Rio Preto pertenceriam a uma pessoa que mora na Rua São José, número 50. O endereço nem a suposta proprietária foram encontrados.

O Fantástico também foi até Venda Nova do Imigrante, no Espírito Santo. No estado, os licenciamentos e transferências não precisam ser feitos em Ciretrans. O processo pode ser conduzido por despachantes como um casal que, segundo a polícia, também fazia parte do esquema. Eles transferiam para a cidade caminhões sem qualquer vistoria.

O homem acabou revelando que usava o endereço de outras pessoas para conseguir o licenciamento. O pedreiro Antônio Guimarães, que nunca imaginou ser o dono de um caminhão, teve o endereço usado pelos criminosos.

Repórter: O senhor sabia que no Detran consta que quatro caminhões foram registrados com esse endereço?
Pedreiro Antônio Guimarães: Não. Não sei, não.
Repórter: Qual carro que o senhor tem?
Pedreiro Antônio Guimarães: É fusca, um fusquinha antigo.

Leilões forjados

A quadrilha, para justificar a procedência do veículo, informava que os carros haviam sido adquiridos em leilões realizados pela Aeronáutica. Esses leilões foram forjados. Os militares da Força Aérea analisaram o material encaminhado pela polícia e encontraram erros grosseiros.

“São cerca de dez caminhões por ano que nós colocamos no leilão para venda, num processo que é metódico, extremamente organizado e público", afirmou o coronel Henry Munhoz, porta-voz da Aeronáutica.

Os chassis e a data do leilão foram publicados no Diário Oficial na seção quatro – seção quatro, no Diário Oficial, não existe.

Prisão do chefe da quadrilha
Na última quinta-feira (14), a polícia fechou o cerco contra o chefe da quadrilha, André Lanis, em Volta Redonda. Ele é quem, de acordo com as investigações, comprava documentos falsos e revendia os caminhões roubados.

“O André é o cabeça da organização. Ele é quem estabelecia contatos em todas as Ciretrans que até agora nós levantamos”.

Os policiais agiram rápido e acabaram invadindo a casa. Dentro, sinais de uma vida confortável e cheia de luxo. André não reagiu à ação policial. O homem acusado de ser o chefe do esquema é dono de um escritório de despachantes e de algumas lojas de revenda de carros. Centenas de documentos, computadores e 24 carros foram apreendidos.

Dez pessoas foram presas na quinta-feira. Ao todo, já são 23 presos. Em vários documentos falsos apreendidos pelos policiais em Rio Preto, aparecem a assinatura do delegado Alexandre Figueira pereira autorizando o licenciamento dos caminhões roubados.

Com uma microcâmera, o Fantástico tentou negociar com o delegado o licenciamento de um carro, mesmo sem endereço fixo na cidade, o que não é permitido por lei. O delegado indica um despachante amigo dele. “Pede até orientação com ele lá, que arruma pra você até um endereço lá em Santa Bárbara”, disse o delegado.

Segundo a polícia, os criminosos faturaram com o esquema R$ 2 bilhões. Eles vão responder por roubo, adulteração de documentos, estelionato, corrupção, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro

“Além de responder por crime na Justiça comum, responderão com certeza por crime praticado contra a administração pública militar e federal”, afirmou o delegado Carlos Roberto Souza.
(Blog Willian Chaves)
Ex-presidente e vereador Tomé
diz que sua defesa será apresentada
ao Tribunal de Contas e à CPI

CARATINGA - O ex presidente se recusou a dar detalhes e/ou justificativas para as denúncias apresentadas. Preferiu não tornar público o porquê de gastos que chegam a 400 mil reais com a manutenção de veículos

Aconteceu na noite desta última terça-feira (26/04) mais um encontro do poder legislativo. O ex-presidente, o vereador Tomé Lucas Pereira, compareceu e fez uso da tribuna para anunciar que a sua defesa diante das acusações de superfaturamento na manutenção de veículos nos anos de 2009 e 2010 será apresentada ao Tribunal de Contas e à CPI.

O ex presidente se recusou a dar detalhes e/ou justificativas para as denúncias apresentadas pelo atual presidente da casa legislativa, João Roberto Leodoro, o Mestre. Preferiu não tornar público o porquê de gastos que chegam a 400 mil reais com a manutenção de veículos e disse ainda que se tiver algo a pagar, pagará tudo o que deve. “Quero um julgamento justo”.

Minutos após o discurso, o vereador decidiu deixar a casa legislativa, sem atender a imprensa. Para o atual presidente, Mestre, o pronunciamento de Tomé não foi esclarecedor.

O pronunciamento de Tomé também foi avaliado pelos demais vereadores.
Ronílson Marcílio disse que foi surpreendido pelas falas de Tomé pois aguardava que nomes de possíveis envolvidos no escândalo fossem citados.

O processo de apuração se mantém na casa legislativa, após a instalação da CPI. De acordo com Mestre, a Comissão será composta pelos partidos do PSDB, PSB e PTB, membros efetivos. Já os membros suplentes são dos partidos: Democratas, PSC e PT.

Diante isso os líderes partidários ficaram responsáveis pela indicação dos nomes dos vereadores para a composição da CPI.
(Super Canal de Caratinga)
Matador de crianças vai
a julgamento em Caratinga

Crime ocorreu em 2002 e ossadas das vítimas foram achadas três anos depois; somente agora o acusado vai a júri
         
CARATINGA – Está marcado para hoje (28), em Caratinga, Região Leste do Estado, o julgamento de Geraldo Marcelino Moreira, o “homem-aranha” (foto), acusado de matar quatro mulheres da região e pelo assassinato de duas crianças, Thaís Grazielle Inácio e Natália Celeste da Silva Moraes, ambas de 10 anos, em 2002.

As ossadas das jovens foram encontradas em 2005 dentro de um poço artesiano, no quintal da casa do acusado. No mesmo lugar, foram achados restos mortais de uma adolescente que a polícia suspeita ser de outra menina desaparecida.

Thaís e Natália eram amigas. Elas sumiram no dia 21 de novembro de 2002, quando preparavam um piquenique para o dia seguinte. As meninas foram vistas pela última vez no Bairro Esperança, onde moravam. Em julho de 2005, após denúncia anônima, as ossadas das duas foram localizadas no quintal da casa do “homem-aranha”, na Rua João Tiola, Morro da Antena. Estavam dentro de uma cisterna desativada, debaixo de uma horta. Preso, o suspeito disse à polícia que as meninas lhe pediram carona e teriam morrido em um acidente que sofreram.

Ele alegou que estava sendo investigado pela morte de Juliana Abdala, 26 anos, ocorrida em 26 de novembro de 2002, e por isso preferiu sepultar os corpos das meninas no quintal de sua casa. "Não queria “mais problemas com a polícia”, alegou. Junto às ossadas, a polícia encontrou os restos mortais de adolescente e suspeita que sejam de Josiane Karine Cristóvão Fernandes, desaparecida em outubro de 2002 quando tinha 12 anos. A adolescente morava na mesma rua do acusado.

Exames de DNA foram feitos, mas não teriam sido conclusivos e a ossada ainda não foi identificada. No poço artesiano foram encontrados ainda fragmentos de cobertor, corda, correntes, fios elétricos e roupas queimadas. Os exames feitos não determinaram o tempo de morte nem constataram se as meninas foram violentadas sexualmente e tiveram os corpos queimados, como suspeita a polícia.

Preso, “homem-aranha” foi julgado e condenado há 27 anos de reclusão pela morte de Juliana Abdala e agora volta a sentar no banco dos réus para responder pela morte e ocultação dos cadáveres de Thaís e Natália. Ele cumpre pena na Penitenciária Dênio Moreira de Carvalho, em Ipaba, no Leste do Estado, e será defendido pelo advogado Anderson Humberto Parreira, nomeado pelo Estado. O julgamento vai acontecer no Fórum Desembargador Faria e Souza, Caratinga. Temendo revolta popular, a polícia vai reforçar a segurança no local.

Os pais de Natália, Sávio de Almeida e a dona de casa Silvana Aparecida da Silva Moraes, ainda não conseguiram se recuperar da tragédia. “Minha mulher está doente desde que perdemos nossa filha com aquela brutalidade. Passou a ter depressão e tomar seis tipos de remédios por dia. A justiça precisa ser feita, mas está demorando demais”, disse Sávio. Os pais de Thaís teriam se mudado do bairro e não foram localizados.
(Hoje em Dia)
STF: vaga de deputado
é de suplente da coligação

Em decisões anteriores, o STF tinha determinado a posse de suplentes de partidos

O Supremo Tribunal Federal (STF) voltou atrás e confirmou na noite desta quarta-feira (27) por 10 votos a 1 que quando um deputado deixa o cargo para assumir um posto no Executivo, por exemplo, a vaga deve ser herdada pelo suplente da coligação e não do partido do parlamentar que se licenciou. Em decisões anteriores, o STF tinha determinado a posse de suplentes de partidos. "A coligação é uma escolha autônoma do partido. A figura jurídica da coligação assume status de 'superpartido' e de uma 'superlegenda' que se sobrepõe durante o processo eleitoral aos partidos que a integram", disse durante o julgamento a relatora do assunto no STF, ministra Cármen Lúcia. "Não seria acertado dizer que vagas pertencem ao partido coligado A ou B, se o coeficiente é calculado pelas coligações", afirmou.

Os ministros do Supremo julgaram dois mandados de segurança movidos pelos suplentes de partido Humberto Souto (PPS-MG) e Carlos Victor (PSB-RJ). Cármen Lúcia, que em fevereiro tinha decidido que as vagas deveriam ser assumidas por suplentes de partidos, mudou de posição e liderou a tese de que os postos são herdados pelos suplentes das coligações.

"Em caso de coligação não há mais que se falar em partido", afirmou durante o julgamento o ministro Joaquim Barbosa. "A lei eleitoral disciplina minuciosamente as coligações, estabelecendo que quando formadas por dois ou mais partidos políticos fazem as vezes dos partidos políticos."

"As coligações têm previsão constitucional. As coligações se formam e por meio delas se estabelece o coeficiente eleitoral", afirmou o ministro Ricardo Lewandowski, que também é presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A ministra Ellen Gracie afirmou que o grande problema do sistema político partidário brasileiro "é a total ausência de ideologia nos partidos políticos". "O eleitor não vota em coligação", disse o ministro Marco Aurélio Mello, que discordou da maioria.

Se o STF tivesse concluído que a vaga deveria ser assumida por suplente do partido, a composição da Câmara poderia sofrer mudanças porque mais de 20 suplentes de coligações já tomaram posse na Casa. Na prática, o STF esvaziaria as coligações nas eleições proporcionais e executaria o único ponto consensual da reforma política.

Mas o tribunal confirmou um sistema já consolidado de preenchimento das vagas de deputados federais, estaduais e vereadores que se licenciam. Se tivesse acabado com esse sistema situações estranhas poderiam surgir. Em alguns casos não haveria suplente para substituir o deputado que se licenciasse. Em outras situações a Câmara teria de dar posse a suplentes com muito menos votos que o primeiro suplente da coligação.

A polêmica sobre quem deveria herdar as vagas na Câmara provocou reações no Congresso. A Câmara sempre deu posse ao primeiro suplente da coligação, seguindo orientação do TSE. Mas no final do ano passado surgiu a primeira liminar no STF determinando a posse do suplente do partido.

A Câmara resistia a cumprir essas decisões do Supremo, justamente por ter sempre seguido a mesma regra, que nunca fora contestada judicialmente. Ante essa resistência, ministros do tribunal chegaram a ameaçar a abertura de inquéritos caso houvesse o descumprimento das liminares.

O ministro Marco Aurélio Mello, por exemplo, chegou a pedir ao presidente do STF, Cezar Peluso, e ao procurador-geral da República, Roberto Gurgel, providências cabíveis em razão da resistência da Câmara. No julgamento de ontem, ele disse lamentar que as decisões do Supremo não foram respeitadas pelo Legislativo.
(Hoje em Dia)

27 abril 2011

Assecras oferece Curso
de Auxiliar Administrativo

Não perca o Curso de Auxiliar Administrativo, que irá acontecer na Associação Educacional de Raul Soares – ASSECRAS, no qual vem a oferecer a todos, o desenvolvimento de competências técnicas, visando  uma atuação direcionada para as novas tendências e  exigências do mercado.
Com os seguintes módulos:
Mercado Trabalho e
 Relacionamento Interpessoal
Relacionamento Interpessoal
Introdução ao Direito Trabalho e do Consumidor
Introdução ao Direito Trabalho e do Consumidor
Estrutura Organizacional
Estrutura Organizacional
 Métodos Administrativos
Métodos Administrativos
Métodos Administrativos
Métodos Administrativos
Departamento Pessoal
Departamento Pessoal
Informática Aplicada

Faça já sua inscrição na Associação Educacional de Raul Soares - Assecras
Tel.: 33-3351-1554 e 33-3329-4535.
Centro de Assessoria Empresarial – CAE/Centro Universitário de Caratinga – Unec
Tel.: (33) 3329-4535 e Cel.: (33) 9191-5488.
Convite da Acir/CDL de Raul Soares

Clique na imagem para ampliar
Menor de 13 anos tenta estuprar
criança de 5 em Vermelho Novo

O delegado ouviu os envolvidos e liberou o menor infrator para o pai

Um menor de 13 anos tentou estuprar uma criança de 5 em Vermelho Novo. O caso foi registrado pela Polícia Militar nesta última segunda-feira (27). Depois de serem acionados, os militares foram até o Conselho Tutelar, onde a pessoa que solicitou a ocorrência relatou que, precisou sair de casa por alguns instantes e pediu para uma vizinha, também menor de idade que cuidasse da criança de 5 anos, pois voltaria rápido.

No momento em que retornou, a vizinha contou à solicitante da ocorrência que os menores de 13 e 5 anos entraram em um dos quartos da residência e encostaram a porta. Como estavam demorando, a vizinha resolveu olhar pela abertura da porta e viu o menor de 13 exibindo o pênis para o menino de 5.

A solicitante questionou a vítima sobre o que aconteceu, e ela confirmou que o menor de 13 estaria lhe mostrando o pênis para manter relação sexual com ele. A criança foi encaminhada até o Posto de Saúde e logo depois os dois menores foram conduzidos até a delegacia, onde o delegado analisou a situação e realizou um procedimento de ato infracional, ouvindo os envolvidos e liberando o menor infrator para o pai.
(Super Canal de Caratinga)
Tumulto na Câmara: CPI apresentada pela Mesa Diretora é aprovada com unanimidade

CARATINGA - Após a negativa de vários vereadores ao requerimento de instalação de CPI apresentado por Tomé, Mesa Diretora apresenta outro documento e a comissão é aprovada por todos os vereadores

Urna da vergonha, nariz e máscaras de palhaço e manifestações...
A “casa do povo” cheia era sinal de que os fiscalizadores estavam sendo fiscalizados pela própria população!

E assim como o poder legislativo, uma frente de denúncias referentes ao poder executivo, também está sendo levantada pela Câmara de Vereadores Voluntários de Caratinga. De acordo com o presidente desta Câmara, Van Gogh, questionamentos como o superfaturamento de gastos em festa e até compras de imóveis e terrenos feitas pelo prefeito demonstram mais uma vez o cenário da má utilização do dinheiro público em Caratinga.

É chegado o momento da verdade. A população quer uma resposta para as denúncias que vieram à tona sobre o superfaturamento de pagamentos da Câmara Municipal no período de 2009 e 2010. Mais de R$ 400 mil reais gastos em manutenção de veículos. A questão parecia simples: “sim ou não à instalação da CPI”.

No grande expediente da reunião da Câmara, foi apresentado um requerimento de Tomé Lucas Pereira, apontado como o principal envolvido no escândalo, pedindo a instalação da CPI.

Na votação presidida pelo atual presidente João Roberto Leodoro, seis vereadores foram contra e são eles: João de Freitas Fidélis, João Anselmo, Ricardo Gusmão, Cleider Costa, Emerson da Silva Matos e Ronilson Marcílio foram contra o pedido do ex-presidente da casa legislativa.

Tomé decidiu quebrar o silêncio e agendou: na próxima terça-feira, dia 26, fará o seu pronunciamento oficial.
Em seguida, o vereador Tomé deixou a casa legislativa, antes mesmo do término da reunião. Um novo requerimento de pedido de CPI foi apresentado, este pelo vereador e vice presidente João Anselmo que assinou o documento apresentado pela Mesa Diretora.

Emerson interveio, acusando Mestre de não assinar o documento.
Mestre respondeu que só ficou sabendo do documento na própria reunião desta terça-feira e que não negou, em momento algum, a assinatura para instalação da CPI.

Após tanto tumulto foi colocado a voto o pedido de CPI da Mesa Diretora e este aprovado por unanimidade. Em entrevista ao Super Canal, os vereadores comentaram sobre o assunto e deram seu parecer diante a atitude de Tomé ao colocar na Casa um requerimento de CPI onde ele mesmo seria investigado.
Cleider Costa e outros vereadores viram a iniciativa de Tomé como duvidosa e até 'teatral'.
(Super Canal de Caratinga)
Concorrência e picaretagem
envolvendo shows em Manhuaçu


Não há show marcado de Jorge Matheus para Manhuaçu. Numa ação tosca armada por alguns picaretas, na quinta e sexta-feira da semana passada, cartazes foram afixados em Manhumirim e Manhuaçu anunciando a apresentação da dupla com entrada franca em Manhuaçu no dia 1º de maio. Próximo domingo. Não passa de uma mentira bancada por irresponsáveis.

Os cartazes são simples. Têm o nome da dupla e a divulgação de show com entrada franca em Manhuaçu. Algumas pessoas atribuíram a atitude com a tentativa de esvaziar o show do cantor sertanejo Michel Teló, que foi realizado no sábado. A lógica é simples: colar cartazes anunciando um show com entrada franca para desanimar o público de pagar para ver o sertanejo universitário de Michel Teló.

Em Manhuaçu, muitos cartazes foram arrancados, mas em Manhumirim até esta terça-feira ainda era possível encontrar a falsa propaganda. Detalhe, a divulgação coladas em muros e placas não tem local da festa e nem o nome da empresa que estaria trazendo ou organizando o show.

NENHUM SHOW EM MANHUAÇU
A verdade é que não existe show de Jorge & Matheus programado para Manhuaçu. Na agenda no site da dupla, eles se apresentam em Itabira (quinta), Betim (sexta) e Uberaba (sábado). Domingo, dia 1º, não tem nada marcado. Na Prefeitura de Manhuaçu, o parque de exposições já está cedido para outros eventos durante o próximo final de semana.

REDUTO
Na semana passada, também houve a veiculação de outra mídia falsa. Em sites de relacionamento e panfletos, foi anunciado o show de Michel Teló para Reduto em 02 de junho, também com entrada franca. A falsa propaganda tinha até a logomarca da Administração de Reduto, mas não foi elaborada e nem autorizada pela prefeitura daquela cidade. O show em Reduto foi cancelado e o próprio prefeito Márcio Gerard foi a imprensa explicar a decisão, por causa do corte de recursos. A lógica é mesma. Sugerir às pessoas que não pagassem para ver Teló em Manhuaçu e esperar pelo show de graça em Reduto.

Até agora, como era de se esperar, ninguém assumiu a autoria dessas "façanhas".
É um absurdo, mas demonstra o quanto tem gente sem serviço e disposta a tudo para prejudicar a realização de eventos na região. O que mais se pode esperar de pessoas que agem assim?
(Blog Willian Chaves)
Ponte interditada complica
acesso a Belo Horizonte

Para se evitar que uma viagem se transforme em uma grande dor de cabeça, principalmente neste feriado prolongado de 21 de abril e Sexta-feira da Paixão, os condutores devem ficar atentos às alternativas oferecidas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) após a interdição da ponte localizada na altura do Km 455 da rodovia BR 381, em cima do Rio das Velhas. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, os veículos de passeio e ônibus que seguem para o Espírito Santo devem passar por Santa Luzia, o que acarreta aumento de 3 km no trecho, ou por Sabará, um aumento de 16 km. Quem está em Manhuaçu pode optar por passar por Ouro Preto para chegar à capital.

Já os veículos de carga que chegarem ou estiverem seguindo para Vitória estarão impedidos de passar pela BR-356, em Ouro Preto, no período de 7h às 15h, desta quinta-feira. Após a liberação da via, às 15h, os motoristas de veículos de carga poderão seguir por esse desvio, que aumentará em 30 km por este trecho. Os veículos que partem ou chegam do sul da Bahia devem encarar um desvio que aumenta a rota em 60 km, passando por Montes Claros (BR-135 e BR-251), Curvelo (BR-135) e Sete Lagoas (BR-040). Para aqueles que precisam ir para Ipatinga e João Monlevade, enfrentam o maior desvio, que é de 90 km.

Os veículos que partem ou chegam do sul da Bahia devem encarar um desvio que aumenta a rota em 60 km, passando por Montes Claros (BR-135 e BR-251), Curvelo (BR-135) e Sete Lagoas (BR-040) e os que precisam ir para Ipatinga e João Monlevade, enfrentam um desvio de 90 km.

Nova ponte fica pronta em seis meses
A ponte do Rio das Velhas será demolida, de acordo com a informação passada por técnicos do Departamento Nacional de Transportes (DNIT), que constataram que toda a estrutura da ponte está comprometida, inclusive os pilares de sustentação. A reunião que definiu quais serão as medidas emergenciais acabou na noite desta quarta-feira (20) na sede do Departamento, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

O Exército terá a responsabilidade pela construção de uma passarela para pedestres no local da ponte comprometida. A previsão do DNIT é de que esta passarela fique pronta em um mês e terá o início de suas obras em 15 dias. Já a reconstrução completa da ponte deverá ser realizada em pelo menos seis meses e está orçada inicialmente em R$ 30 milhões. Especialistas do DNIT vêm de Brasília para Belo Horizonte, nesta quinta-feira (21), para elaborar o novo projeto de construção.

A previsão é de que a nova construção tenha 20 metros de largura e 200 de comprimento. A atual tem apenas oito metros de largura e a mudança, ainda segundo o Departamento, é para receber a futura duplicação da rodovia.
(Site Polícia e Cia.)
Prefeitura de São José do
Goiabal abre concurso para 58 vagas

A Prefeitura de São José do Goiabal (MG) abriu concurso para 58 vagas de todos os níveis de escolaridade, desde fundamental incompleto até superior. Os salários vão de R$ 570 a R$ 1.115,37.

Salário - R$ 570 a R$ 1.115,37
Taxa - de R$ 25 a R$ 55
Prova - 26 de junho

Os cargos de nível fundamental incompleto são de gari, monitor, operador de máquinas pesadas, operário, pedreiro, recepcionista atendente, rondante e serviçal. Os cargos de nível fundamental são de auxiliar administrativo, auxiliar de enfermagem, motorista. Os cargos de nível médio são de professor, técnico administrativo, técnico laboratório, técnico enfermagem, técnico em radiologia, técnico higiene dentária. Os cargos de nível superior são de professor de educação física e supervisor pedagógico.

As inscrições podem ser feitas de 25 de abril até as 23h59 do dia 25 de maio através do endereço www.tendenciaconcursos.com.br ou, pessoalmente, exceto sábados, domingos e feriados, na sede da prefeitura localizada na Praça Cônego João Pio, 30, Centro, São José do Goiabal (MG). As taxas de inscrição variam de R$ 25 a R$ 55.

O concurso será composto de provas objetivas, provas práticas e de títulos. A prova objetiva será aplicada no dia 26 de junho.
(Rio Casca On Line)
Fim do mundo será no mês que
vem, garante seita cristã de BH
Clique na imagem para ampliar
De uma casa em um beco no bairro Nova Gameleira, região Oeste da capital, uma notícia apocalíptica vem sendo disseminada Brasil afora: o mundo vai acabar no mês que vem. É dali que todo mês diversos envelopes são enviados para vários endereços do país, contendo livros, cartazes e panfletos que apregoam a iminência do fim da humanidade.

Alardeado em filmes-catástrofe, o armagedon tem dia marcado, segundo o grupo cristão norte-americano Family Radio: 21 de maio de 2011. Em análise bíblica feita pela seita, a data representa o fim da "grande tribulação", período de 23 anos de ausência do espírito de Deus nas igrejas (contados a partir de 21 de maio de 1988) e de 7.000 anos do dilúvio de Noé.


O fim do mundo seria o dia do julgamento. "Deus fechará a porta de entrada para o céu eternamente. Apenas os verdadeiros crentes eleitos por ele (cerca de 200 milhões) serão arrebatados e levados para fora deste mundo", diz a seita.


Um terremoto de proporções continentais se encarregaria de garantir o sofrimento, durante cinco meses, a bilhões de pecadores não escolhidos. "Em 21 de outubro de 2011, Deus destruirá completamente sua criação e todos aqueles que nunca experimentaram a salvação de Jesus Cristo", informa um dos panfletos. A seita também conta com a internet e rádio em ondas curtas para disseminar as previsões.


A vertente cristã fundada nos Estados Unidos por Harold Camping encontrou devotos por aqui e escolheu a capital mineira para receber uma espécie de sede administrativa. No local, duas irmãs se dedicam a receber cartas dos seguidores da doutrina norte-americana. Também providenciam tradução para a língua portuguesa dos estudos do movimento religioso.


O grupo existe há mais de 50 anos e seus preceitos são difundidos em dezenas de idiomas. No Brasil, buscavam alguém para ajudar na divulgação da tese apocalíptica e, há oito anos, chegaram às irmãs mineiras.


Elas pediram para não serem identificadas. Como o endereço da sede consta no site da Family Radio, já houve quem as procurasse para saber mais das profecias de Camping. "Não queremos exposição", disse uma delas.


Graças à teoria do fim do mundo, as irmãs saíram da pobreza. Em Diamantina, no Alto Jequitinhonha, moravam num casebre sem água e sem luz na zona rural. "A gente era muito pobre", lembra uma das irmãs.


Há cerca de oito anos, outra irmã delas, que mora nos Estados Unidos, visitou o Brasil e encontrou a família sem nenhuma condição financeira. De imediato, contou que trabalhava para uma entidade religiosa que estava à procura de pessoas para ajudar na divulgação do fim do mundo. Ao serem informadas sobre quanto iriam ganhar pelo trabalho (cerca de US$ 500 mensais), deixaram suas convicções religiosas de lado. "Somos evangélicas e não acreditamos que o mundo vá acabar. De certa forma, isso é uma heresia", disse uma delas.


A menos de um mês da data apregoada pelo grupo religioso, as irmãs demonstram preocupação com a diminuição do trabalho. Na avaliação delas, a demanda tem reduzido diante do possível fechamento da sede norte-americana. "Estão mesmo fechando as portas e se preparando para o fim de tudo". 
(Blog do Willian Chaves)
Sericita - Programação do 48º aniversário

Clique na imagem para ampliar
Militares fazem palestras
sobre Bullying e drogas

      Em 19/04, a Sargento Roseli e o Cabo José Flávio ministraram palestras no Clube Catolino Novaes, em Santa Cruz do Escalvado. Reuniram cerca de um mil e duzentos alunos da rede Municipal e Estadual de ensino, entre crianças, adolescentes, professores, diretores, representantes do poder executivo e membros do Conselho Tutelar.
      
Durante a palestra, a Sargento Roseli falou sobre a violência escolar, sua definição, como sendo aquela que nasce no interior da escola ou tem uma relação direta com o estabelecimento de ensino. A violência escolar também poderá ser demonstrada através de qualquer ato de agressividade contra bens materiais ou pessoas.
      
Um tipo de violência escolar “velada” mais divulgada nos últimos dias tem sido o “Bullying”, por ser uma manifestação que é considerada como “brincadeira de idade”, mas com um poder destrutivo capaz de promover danos psicológicos incalculáveis e irreparáveis as vítimas. É Caracterizado desde uma simples gozação e até mesmo uma agressão.
      
O bullying está presente em todas as escolas, sem exceção, independente de cultura e níveis sociais. É fruto, dentre outros fatores, de modelos educativos falhos a que foram submetidos às crianças no seio familiar, como por exemplo: ausência de limites e de valores; punições físicas; exposição a ambientes violentos; modelo autoritário e repressor na família, que usa de agressividade e explosão para a solução de conflitos; falta de regras de convivência e falta de afetividade e supervisão deficitária dos pais.
     
 Uma das formas de prevenção e combate ao fenômeno Bullying é a interação entre professores e pais. Uma vez constatado, deve ser denunciado, procurando a direção da escola ou os responsáveis, pois o bullying se alimenta do silêncio das vítimas.
O cabo José Flávio abordou o tema prevenção ao uso de drogas, causas e conseqüências no organismo.
      
A finalidade da palestra foi orientar o público presente quanto aos problemas vivenciados na sociedade contemporânea, e dependerá da ação ou omissão de cada um para que seja construída uma sociedade mais justa e fraterna.
      
O comandante do destacamento, sargento Emerick, foi responsável pela organização do evento, após ser solicitado pelas diretoras dos colégios e membros do Conselho Tutelar.
(Informação Polícia Militar de Ponte Nova e Jornal Unidade Notícias)

26 abril 2011

Caminhada pela Valorização da
Vida em Santo Antonio do Grama

Será realizada no dia 7 de maio próximo, em Santo Antônio do Grama, a Caminhada pela Valorização da Vida. A concentração será a partir das 14h, na Praça da Rodoviária, e a saída prevista para as 15h, em caminhada pelas principais ruas da cidade.

A programação do evento conta ainda com plantio de mudas de árvores, capoeira, show, Corporação Musical Nelson Borges, participação da Escola Municipal São Domingos Sávio e Escola Estadual Mariano Gomes.

No encerramento, apresentação da Banda de Música na Praça da Rodoviária.
"Defenda essa causa, defenda a vida"

(Wesley Moreira/Ascom - Santo Antônio do Grama/MG)