31 março 2013

Papo furado? Tô fora!
Paciência tem limite! Conversas breves podem se tornar armadilhas terríveis e difíceis de escapar

Conheça as táticas mais eficientes para se esquivar de assuntos chatos e pessoas inconvenientes -- tudo sem parecer grosseiro

POR: Danilo Barba

Conversas estimulantes podem ser uma das coisas mais satisfatórias na vida, mas também podem ser armadilhas terríveis e difíceis de escapar -- ainda mais quando se trata de um monólogo. Afinal de contas, paciência tem limite! Porém, não é só isso: ela também estimula a criatividade. 

Veja abaixo diversas dicas sobre como se safar dessas situações sem parecer indelicado ou ofender o colega. Garanto que numa próxima você vai ficar bem mais esperto!

Tática da agenda lotada
Sempre tenha um compromisso em mente. E, quando a pessoa se aproximar, você a deixa falar algumas palavras e a interrompe com um elogio, porém, término de conversa: “Puxa, Fulano, é sempre muito bom conversar com você, mas acabei marcando um jantar com a minha família em meia hora, então tenho que ir. Mas, ó, vamos conversar mais sobre isso depois, hein?”

Espere por uma trégua na conversa
Fique atento aos intervalos da conversa, aquele momento em que ele diz: “Então”, “Bom”, “Pois é”, para dar o ultimato. Caso contrário, a conversa se iniciará novamente com outro assunto, o que é ainda pior. É bem simples. No momento em que ele diz “então”, tudo o que você precisa fazer é responder num tom bem tranquilo e educado, “então, sabe, foi muito bom ter esse papo com você...”, e aí você finaliza.

Traga a conversa para o propósito inicial
Essa dica é importante, pois pode acelerar uma conversa e se você souber conduzi-la, não irá parecer grosseiro. Por exemplo, se o colega está falando de trabalho e reclamando de alguma coisa, você diz algo como, “obrigado por ter me atentado a isso, Fulano. Vou prestar mais atenção nessas coisas e quem sabe podemos até fazer uma reclamação para...” e blá blá blá. Pronto, você encerrou a conversa de maneira delicada e discreta.
Após três meses da posse, prefeitos ainda têm dificuldades para colocar a administração em ordem
Passados 90 dias da posse, prefeitos de todo o Estado ainda não conseguiram colocar as administrações em ordem. A justificativa da maioria deles é quase a mesma: depararam-se com cidades quase falidas no início de mandato. O cenário se repete a cada quatro anos, quando os eleitos recebem as gestões de seus adversários.

Ainda no período de transição – que ocorre logo após o resultado das eleições e antecede a cerimônia de posse –, os eleitos já denunciavam a situação caótica encontrada nas prefeituras. Os exemplos de descaso são os mais variados possíveis. Muitos eleitos encontraram cidades com a coleta de lixo cortada, sem atendimento nos postos de saúde, com a frota municipal sucateada e com os salários dos servidores atrasados há meses.

Em alguns casos, os novos gestores, ao abrir os gabinetes, não encontraram documentos sobre obras ou licitações nem os balancetes (registro bimestral das receitas e despesas). Apesar da situação desoladora, os prefeitos eleitos acreditavam que teriam condições de colocar a “casa em ordem” nos primeiros meses de mandato. Porém, o que se constata hoje, apesar de uma pequena melhora em alguns casos, é que os problemas ainda são grandes.

Exemplo disso é Juiz de Fora, na Zona da Mata. Uma dívida de R$ 38 milhões herdada da gestão passada e falta de recursos para obras engessam os primeiros três meses da gestão de Bruno Siqueira (PMDB). Segundo o secretário de Administração, José Sóter de Figuerôa Neto, pelo menos R$13 milhões foram pagos. “A maior parte da dívida é com hospitais, clínicas de exames e fornecedores da área. Esses não podemos deixar de pagar porque a saúde é um serviço essencial. Com o restante, estamos negociando.”.

O secretário diz que os R$25 milhões restantes serão pagos até 2016. Por conta da dívida, a gestão de Siqueira enfrenta cortes de telefone, dificuldade para pagar a folha e uma possível inviabilidade de realização de novas obras.

Mobilidade
A implantação de um conjunto de obras viárias, como pontes e viadutos, está comprometida. No ano passado, foi anunciada a certeza de que o município tinha R$28 milhões garantidos. No entanto, no caixa da prefeitura existe apenas R$8 milhões. Siqueira chegou a recorrer ao vice-presidente Michel Temer (PMDB) para tentar garantir os recursos com a inclusão do projeto no PAC.

Figuerôa garante que a prefeitura conseguiu R$ 138 milhões, que serão aplicados na despoluição do rio Paraibuna, na represa de Chapéu D’Uvas e na reestruturação das avenidas Getúlio Vargas e Francisco Bernardino.

“Encontramos a prefeitura em estado de penúria. Mas já conseguimos viabilizar muitas ações”, diz o secretário. (Com Renata Miranda, de Juiz de Fora)
(HojeemDia)

27 março 2013

Servidores públicos de Raul Soares
recebem 13º salário/2012 dia 10 de abril
Em reunião realizada, ainda há pouco (17h30 desta quarta-feira/27), na prefeitura de Raul Soares entre o prefeito Célio Nesce, vice-prefeito Laudácio Lasmar e representantes do sindicato da classe, Sinds-Raul na pessoa do presidente Ramilson Lopes e demais representantes da classe, ficou acertado o seguinte:

Efetivos e Contratados
O 13º salário de 2012 dos servidores do município de Raul Soares, Efetivos e Contratados, que haveria de ter sido pago pela administração municipal anterior até o dia 20 de dezembro do ano passado, será pago pela atual administração no dia 10 de abril próximo, em uma única parcela.

Comissionados
Quanto ao 13º salário do ano passado dos servidores comissionados, o qual haveria de ter sido pago pela administração anterior, ficou acertado, também, que a atual administração do município envida esforços para tal e anuncia que o pagamento será feito posteriormente.

Lei garante 17 novos direitos
ao empregado doméstico
O Senado aprovou nesta terça-feira, por 66 votos favoráveis e nenhum contrário, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que garante aos trabalhadores domésticos 17 novos direitos, igualando sua realidade com a dos demais trabalhadores urbanos e rurais. O presidente do Congresso Nacional, Renan Calheiros (PMDB-AL), adiantou que vai levar a proposta à promulgação na próxima terça-feira, dia 2 de abril.
A proposta, que já havia passado pelo primeiro turno de votação semana passada, estabelece novas regras, como jornada diária de trabalho de oito horas e 44 horas semanais, além de pagamento de hora extra de, no mínimo, 50% da hora normal. Os direitos vão se somar àqueles já existentes, como 13º salário, descanso semanal, férias anuais e licença gestante.

Mesmo sendo uma matéria de consenso na Casa, tendo tramitado sem grandes discussões nas comissões pelas quais passou, sete dos 17 itens ainda precisam ser regulamentados antes de entrar em vigor. Carecem de regulamentação o direito ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), hoje facultativo, o seguro contra acidentes de trabalho, o seguro-desemprego, a obrigação de creches e pré-escolas para filhos e dependentes até seis anos de idade, o salário família e a demissão sem justa causa.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem cerca de 9 milhões de trabalhadores domésticos. No Estado de São Paulo são 3 milhões e, na Grande São Paulo, 800 mil.

Momento histórico
Assim como na votação anterior, vários senadores se revezaram ao microfone para louvar a aprovação da proposta. "É inadmissível que nós tenhamos até hoje duas categorias de trabalhadores", afirmou o líder do PSB no Senado, Rodrigo Rollemberg (DF). "Trata-se de um grande momento, de um momento histórico para as mulheres brasileiras", afirmou a senadora Lídice da Mata (PSB-BA), relatora da PEC na Comissão de Constituição e Justiça.

A votação foi acompanhada pelo deputado federal e ex-senador Carlos Bezerra (PMDB-MT), primeiro subscritor da PEC, pelas ministras Eleonora Menicucci (Política para Mulheres) e Luiza Bairros (Igualdade Racial), por Delaíde Miranda, ex-empregada e atual ministra do Tribunal Superior do Trabalho, e pela deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ), ex-empregada doméstica e que relatou a matéria na Câmara dos Deputados. Ela foi elogiada por sua atuação em favor da proposta. O senador Magno Malta (PR-ES) chegou a defender que se batize a norma de "Lei Benedita da Silva".

Aplaudida em plenário e sentada na Mesa Diretora, a presidente da Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas, Creuza Maria Oliveira, defendeu a PEC. "Nos primeiros meses, quando o salário aumenta, o patrão demite, mas depois contrata novamente, porque quem trabalha fora precisa de alguém para trabalhar, mas as pessoas acham que pagar para empregada doméstica é absurdo. Haverá uma acomodação no mercado", afirmou.
(Agência Estado)
Vai viajar na Semana Santa?
Veja quais horários evitar para não pegar congestionamento
BR-381 na chegada do Espírito Santo é uma das
 rodovias que mais apresentam lentidão nos feriados
Quem vai viajar neste feriado de Semana Santa deve se preparar para pegar estradas cheias, afinal, Minas Gerais possui a maior malha viária do país e o feriadão será de quatro dias para muita gente. Para aqueles motoristas que querem evitar congestionamentos e fugir dos horários de maior concentração de veículos, o Hoje em Dia preparou um guia com os horários de pico e dicas para que o seu feriadão seja de descanso do início ao fim.

Confira:
Se for pegar a BR-381, conhecida como “Fernão Dias” no trecho que liga São Paulo a Minas Gerais, a concessionária que administra a rodovia, a Autopista Fernão Dias, orienta evitar sair de viagem na quinta-feira (28) a partir das 14 horas até as 23 horas. Quem deixar para pegar estrada na sexta-feira (29), a dica é sair antes das 6 horas ou depois das 18 horas. No retorno do feriado de Páscoa, vindo do interior paulista, a BR-381 deve apresenta tráfego mais intenso depois do horário de almoço, após as 12 horas, e só deve ser normalizado depois das 23 horas.

Os motoristas que forem deixar a capital mineira, seja pela BR-040 quanto pela BR-381, devem começar a sentir o aumento do fluxo de veículos já na tarde da quinta-feira (28) até a madrugada de sexta, segundo a Polícia Rodoviária Federal. A saída pela BR-381 para o litoral capixaba, ou para a região do Vale do Aço, geralmente é a que apresenta o maior volume de carros. “Como a rodovia é de pista simples, o nosso maior gargalo geralmente é na BR-381. A BR-040 na chegada de Brasília é duplicada, assim como a BR-381 para quem vem de São Paulo, então, a retenção é menor nesses trechos”, afirmou o policial rodoviário federal Adilson Souza.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os turistas que viajam para o litoral do Espírito Santo geralmente são os que mais lotam as estradas mineiras no retorno dos feriados. “Quem vai para a praia para usufruir mais a viagem acaba aproveitando o dia e retornando no início da noite e, por isso, a gente registra mais lentidão a partir das 18 horas no domingo”, explicou Souza.

Afinal, melhor sair de madrugada ou à noite?
Nem um nem outro. A dica certa para viajar tranquilo e com segurança é só pegar estrada estando descansado e depois de uma alimentação leve. “Viajar é uma questão muita pessoal. É preciso se sentir confortável e descansado. Há aqueles que preferem viajar com a luz do sol e outros à noite. O importante é evitar alimentação pesada porque isso dá sono”, aconselha o policial rodoviário federal Adilson Souza.

Para aproveitar o feriado da Semana Santa com qualidade, é imprescindível ao motorista praticar a conduta defensiva. Não exceder limites de velocidade e sinalizar ao mudar de faixa são algumas ações ao volante que pode salvar vidas, segundo a Polícia Rodoviária Federal. “Os acidentes mais comuns que enfrentamos são as colisões traseiras, que ocorrem por excesso de velocidade ou porque o motorista não deixou clara a sua intenção de mudar de faixa”, analisa Souza.

Operação da PRF na Semana Santa
Para evitar acidentes, combater a criminalidade e barrar infratores nas estradas federais que cortam Minas Gerais, a Polícia Rodoviária Federal deve iniciar uma operação nesta quinta-feira (28). A novidade da ação deste feriadão é o reforço na segurança com mobilização de policiais rodoviários federais do Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e de Brasília. “Esses policiais estão fazendo um treinamento em Minas e vão atuar no policiamento com uma nova metodologia que será usada na Grande BH, tanto na BR-040 quanto na BR-381: o policiamento sob motos”, contou o policial rodoviário Adilson Souza.

Os policiais dos outros estados vão atuar em motocicletas e poderão se deslocar com maior facilidade em casos de congestionamentos, perseguições ou ocorrências que necessitem de intervenção no tráfego. Durante o feriado de Carnaval, 4 mil policiais rodoviários federais integraram o efetivo atuante nas estradas federais que passam por Minas.

Lei Seca
Os 150 bafômetros dos quais a Polícia Rodoviária Federal em Minas Gerais dispõe serão usados na operação da Semana Santa. A orientação é ampliar o número de testes para flagrar motoristas dirigindo alcoolizados, principalmente  nas ocorrências envolvendo acidentes com ou sem vítimas. “Por dia, realizamos cerca de 500 testes, a intenção é aumentar consideravelmente esse número durante o feriadão”, afirmou Souza.
(Hoje em Dia)
Raul Soares sediará Copa
Alterosa de Futebol Society
Prefeito Célio Nesce e Marcílio de Assis, presidente da Federação de Futebol Society de Minas Gerais, oficializaram a realização de uma etapa da Copa Alterosa em Raul Soares
O presidente da Federação de Futebol 7 Society de Minas Gerais, Marcílio de Assis, esteve ontem (26março) em Raul Soares e reuniu-se com o prefeito Célio Nesce e, na oportunidade, ficou confirmada a realização de uma etapa da "Copa Alterosa Esporte de Futebol Society" em nossa cidade.

Estiveram presentes nessa reunião, além do prefeito e do presidente, o vereador Ramiro Grossi, o jornalista Jonathan Faria e professor Markim Cândido, coordenador municipal de esportes.

"É com muita satisfação que recebemos a região de Raul Soares e municípios próximos em nossa Federação", declarou o presidente Marcílio.

Ficou decidido que a coordenação dessa etapa em Raul Soares convidará os representantes dos municípios e árbitros locais para um simpósio, onde serão sanadas quaisquer dúvidas sobre a copa e realizar um minicurso de arbitragem com os árbitros locais. 

A Competição
A Copa Alterosa Esporte de Futebol 7 de 2013 será realizada em vários municípios mineiros e os campeões regionais irão disputar, no mês de novembro, e decidir a equipe campeã estadual dessa importante competição e ganhará o direito de representar o nosso Estado nos campeonatos nacionais.

A Copa será disputada nas seguintes categorias:
Sub 9 (atletas nascidos nos anos de 2004 e 2005)
Sub 11 (atletas nascidos nos anos de 2003 e 2002)
Sub 13 (atletas nascidos nos anos de 2001 e 2000)
Sub 15 (atletas nascidos nos anos de 1999 e 1998)
Sub 17 (atletas nascidos nos anos de 1997 e 1996)
Feminino (idade livre)
Adulto (nascidos até 1997)
Veterano (nascidos até 1977)

Para a disputa da fase Estadual estas idades serão mantidas da forma apresentada acima.

As equipes campeãs da etapa de Raul Soares estarão automaticamente classificadas para a etapa estadual a ser realizada em Belo Horizonte.

A Competição acontecerá com o mínimo de duas e o máximo de oito equipes por categorias.

O critério de definição das equipes será a ordem de inscrição.

A forma de disputa será divulgada em nota oficial assim que houver a confirmação dos participantes.

Será realizada, antes do inicio da competição e após a confirmação das equipes, uma reunião onde assuntos como forma de disputa, tabelas, número de atletas, entre outros serão esclarecidos.

Presenças confirmadas na abertura da Copa Alterosa em Raul Soares do secretário de estado de esportes e da juventude, Eros Biondini  e da "Bancada Democrática" do Programa Alterosa Esportes da TV Alterosa.
(Raul’Efi’Soares)

26 março 2013

Cássio Soares anuncia
recursos para escola de Raul Soares
O secretário de Desenvolvimento Social, deputado Cássio Soares (foto), anunciou na última segunda-feira, 25 de março, a liberação de R$ 16 mil para a Escola Estadual João Felisberto da Costa, de Raul Soares. O recurso foi liberado pelo governador Antonio Anastasia e logo estará disponível para as escolas.

O recurso foi viabilizado devido solicitações realizadas pelo deputado Cássio Soares junto à Secretária de Estado de Educação e será investido na compra de carteiras escolares para as salas de aula do colégio.

“Pouco a pouco estamos mudando a realidade das nossas escolas. Além das reformas já conseguidas, agora as salas de aula também estão tendo suas melhorias. O trabalho continua e com muito empenho, ainda conseguiremos muito mais para o melhor desempenho de nossos jovens”, afirma o deputado. 
Feriados da Semana
Santa em Raul Soares
Considerando o feriado dia 29 de março, sexta-feira da Paixão de Cristo, o prefeito de Raul Soares, Célio Nesce, decretou Ponto Facultativo em todas as repartições públicas do município no dia 28 de março, sem atendimento ao público.

Portanto, na próxima quinta-feira, ficam mantidas as atividades de emergência do setor público como saúde, limpeza pública e outras do sistema de plantão. 

24 março 2013

Castração mais rápida e
menos invasiva para cães e gatos
Cirurgia é feita após anestesia - cães e gatos
 tomam antibiótico para prevenir infecções
Um produto que esteriliza cachorros machos sem necessidade de intervenção cirúrgica desponta como alternativa para o controle da população de animais. Só em 2012, 13 municípios adotaram o medicamento que torna cães inférteis.
O Infertile foi desenvolvido por pesquisadores e veterinários da Universidade de São Paulo (USP). 

“Nele há zinco, mineral que modifica as células que produzem os espermatozoides, levando o animal à infertilidade. O efeito é irreversível”, afirma Ricardo Lucas, veterinário e responsável técnico da Rhobifarma, fabricante do produto. 

A aplicação é feita no testículo do cachorro, com uma agulha semelhante à da insulina.

Segundo Ricardo Lucas, a castração química tem várias vantagens. “É menos invasiva, mais prática e até 70% mais barata que a cirúrgica. No tempo necessário para operar um animal, conseguimos castrar três”. 

Controvérsias
Entre especialistas da área, no entanto, ainda há dúvidas sobre o sofrimento que a fórmula pode causar ao animal. 

De acordo com o presidente da Associação Nacional de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais (Anclivepa – MG), Bruno Divino Rocha, o testículo tem muitos nervos e é bastante sensível. “Como o procedimento não utiliza anestesia, o bicho fica sujeito a muita dor, mesmo que o dono não perceba nenhuma reação dele”.

Ricardo Lucas alega, porém, que pesquisas científicas mostraram o contrário. “Em princípio, as pessoas ficam mais resistentes por desconhecer os efeitos do produto. Mas esse é um mito que já caiu por terra”. 

Segundo o veterinário, um anti-inflamatório faz parte da composição do medicamento e, antes da aplicação, o animal recebe uma dose de tranquilizante.
(Portal HD)

23 março 2013

Cidades apagarão luzes
para lembrar meio ambiente
Pelo quinto ano consecutivo, a organização não governamental WWF promove em mais de 150 países, neste sábado, o movimento Hora do Planeta. É um ato simbólico que conta com a participação de governos, empresas e a população. As pessoas podem participar apagando a luz de casa, da empresa ou qualquer outro lugar das 20h30 às 21h30.

A proposta é levar a uma reflexão sobre o aquecimento global e as ameaças ao meio ambiente. No Brasil, 92 cidades confirmaram participação, sendo 22 capitais , entre elas, sendo 22 capitais , entre elas, Belo Horizonte, Brasília (DF), Natal (RN), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Goiânia (GO) e Florianópolis (SC).

A superintendente da WWF-Brasil, Regina Cavini, explica que as prefeituras apagam os monumentos mais importantes e significativos, porque não se pode apagar a luz de toda uma cidade. Em Brasília serão apagadas as luzes do Congresso Nacional e da Esplanada dos Ministérios.

Regina Cavini ressalta que o movimento é um ponto de partida para ações contínuas. “O WWF sabe que não é em uma hora que vamos fazer as mudanças necessárias ao planeta. O que interessa é as pessoas usarem este momento para se reunirem com suas famílias e seus amigos e repensarem os seus hábitos”, diz.

Em 2012, mais de um bilhão de pessoas em todo o mundo apagaram as luzes durante a Hora do Planeta.

Em Minas
Cinco cidades de Minas Gerais, participam. O movimento, é um ato simbólico em que as pessoas apagam as luzes durante sessenta minutos. O objetivo é chamar atenção para o aquecimento global e outros problemas ambientais que a humanidade enfrenta. Neste ano, o apagar das luzes acontece das 20h30 às 21h30. Pela quinta vez consecutiva, a capital mineira adere a campanha.

A sede da Prefeitura de Belo Horizonte(PBH), na Avenida Afonso Pena e a Praça da Bandeira, no Bairro Mangabeiras, terão as luzes apagadas durante uma hora, demostrando incentivo à ação. Em Minas, além de BH, as cidades de Ouro Preto, Poços de Caldas, Conquista e Itajubá também se comprometeram com o ato sustentável.

Criada em 1996, a rede WWF é uma organização não governamental dedicada à preservação da natureza. Em 2012, mais de um bilhão de pessoas em todo o mundo apagaram as luzes durante a Hora do Planeta. No Brasil, o movimento ocorre desde 2009 promovido pelo WWF-Brasil.

Para participar, basta apagar as luzes neste sábado às 20h30 (hora local) e conscientizar-se da importância dessa atitude para o movimento. Divulgar a ação para amigos e parentes também é uma alternativa para aderir à causa em defesa do meio ambiente. Mais informações podem ser obtidas pelo site oficial da manifestação.
(Agência Brasil)

22 março 2013

Prefeito Célio Nesce foi a Belo Horizonte
em busca de recursos para saúde
O prefeito Célio Nesce esteve em Belo Horizonte, no último dia 20 de março, especialmente na Cidade Administrativa.

Ele esteve acompanhado do advogado e procurador do município Leonardo Mouro e Auro Leonardo, atendente do gabinete da presidência da Assembleia Legislativa, os quais foram gentilmente recebidos pelos assessores diretos Maria Emília e João Batista “João Galo Índio” e pelo próprio secretário de estado Antonio Jorge.

Na oportunidade o prefeito expôs àquela secretaria o quadro em que se encontra a saúde no município de Raul Soares e solicitou vários benefícios como equipamentos para unidades de saúde, veículos e programas específicos, capazes de oferecer melhor qualidade de vida à população.

A assessoria de gabinete - Emília e Galo Índio - enfatizou que o objetivo daquela secretaria é aprimorar a saúde em todo o estado através de organização e apoio aos sistemas já implantados especialmente a partir da atenção primária à saúde.

O secretário Antonio Jorge, demonstrando otimismo em relação à renovação da gestão dos municípios, garantiu ao prefeito Célio Nesce que irá trabalhar com empenho para toda Minas Gerais e que o município de Raul Soares se relaciona, entre os prioritários, para receber recursos necessários à melhor qualidade de vida dos raul-soarenses.

Lei Estadual de Incentivo à Cultura
é tema de audiência pública na ALMG
Deputada Luzia Ferreira
Discutir as alterações na Lei Estadual de Incentivo à Cultura (LEIC), ouvir os representantes do governo e os produtores culturais são os objetivos da audiência pública que acontece no dia 20 de março (quarta-feira), às 10h30, no Teatro da Assembleia.

Requerida pela deputada estadual Luzia Ferreira (PPS), a audiência visa avaliar e estudar as mudanças na LEIC, que foram propostas pelo governador Antonio Anastasia no PL 3626/12. A matéria prevê a redução do percentual da contrapartida exigida das empresas interessadas em deduzir, do ICMS devido ao governo estadual, o valor do investimento em projetos culturais aprovados na LEIC; e a possibilidade de desconto de valores inscritos, há mais de 12 meses, na Dívida Ativa da Fazenda Estadual, por meio de patrocínio a projetos aprovados na LEIC.

A deputada estadual Luzia Ferreira (PPS), vice-presidente da Comissão de Cultura da ALMG, ressalta que, “inicialmente, as alterações na lei possibilitarão a diversificação e descentralização dos investimentos culturais no estado, mas antes que qualquer decisão é preciso ouvir agentes culturais, produtores e artistas, além receber o parecer do Governo de Minas, através da secretaria da Fazenda e garantir com que todas as mudanças atendam a todos”.

O projeto 3626/11 está anexo ao PL 1.631/11, que altera o Fundo Estadual de Cultura (FEC). A audiência acontecerá no dia 20 de março, às 10h30, no Teatro da ALMG, atendendo ao requerimento da deputada Luzia Ferreira juntamente com os deputados Arlen Santiago e Elismar Prado.

LEIC
A Lei Estadual de Incentivo à Cultura é um dos principais programas estaduais de fomento às iniciativas culturais. Ela viabiliza cerca de 4.500 projetos com um investimento de aproximadamente R$ 550 milhões em projetos culturais e a geração de cerca de 100 mil empregos diretos e indiretos.

Serviço:
Rua Rodrigues Caldas, 30 - Palácio da Inconfidência - Santo Agostinho - Belo Horizonte/MG
www.luziaferreira.com.br
Informativo da Polícia Militar

Polícia Ambiental de Raul Soares
comemora a Semana da Água

Nesta quinta-feira (21/03), em parceria com a Escola Estadual Padre Júlio Maria, do distrito de Santana do Tabuleiro em Raul Soares-MG, militares do 4º Grupamento de Policia Militar de Meio ambiente, comemora a “Semana da Água”, com palestras, cujo objetivo é conscientizar sobre a importância da água para a vida e a necessidade de atitudes voltadas à conservação desse recurso natural finito.

Através da educação ambiental destacou-se que a água é um bem essencial para a vida. E que grande parte das fontes de água potável está sendo poluída e degradada. “Está situação é preocupante, pois poderá faltar, num futuro próximo, água para o consumo de grande parte da população mundial”.

Durante o evento o Sargento Edinei, a frente do comando Policiamento Ambiental, salientou a importância da parceria e colaboração das diretoras em participarem do projeto educacional, frisou ainda que é de suma importância a conscientização dos jovens.

Vaga na UFMG fica ainda mais
difícil para alunos de escola particular
Surpreendidos pelo fim do vestibular da Federal, que aderiu ao Sisu, candidatos de escolas particulares são pressionados também pelo maior espaço destinado apenas à rede pública

Não é só a concorrência nacional que está deixando muito candidato a um curso na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) com dor de cabeça. Além da adesão ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que promete aumentar, e muito, a disputa, o funil ficará ainda mais estreito com a redução das vagas da ampla concorrência. Este ano, a maior universidade do estado vai destinar um quarto de suas vagas para estudantes de escolas públicas, o dobro do percentual do último vestibular. E não adianta correr para as outras federais. Em todo o estado, o número de vagas reservadas será pelo menos 26% maior nos câmpus do interior. Isso significa cerca de 2 mil lugares a menos para quem é da rede particular de ensino.

Para Wille Muriel, diretor-executivo da Carta Consulta, empresa de consultoria em educação, só resta uma alternativa para quem vai encarar o desafio: “Estudar e estudar o tempo inteiro”. E o conselho vale para quem está nos dois lados. “A reserva dificulta, aumenta a concorrência e, por isso, o desempenho deve ser maior, mesmo para os cotistas, que disputam também em nível nacional. Queremos também os melhores alunos das escolas públicas”, ressalta.
Jorge Luiz Cascardo, diretor pedagógico da Educação, Inovação e Tecnologia (EIT) Consultoria, reforça: “Se aumentam as cotas, diminuem as vagas da ampla concorrência e este ano a reserva vai começar a interferir mais e a dificultar a vida dos estudantes que não encaixam na lei”. Se a ação afirmativa não fez muita diferença no vestibular do ano passado, quando a reserva obrigatória era de pelo menos 12,5% das vagas, agora a situação muda. O percentual mínimo para reserva a partir deste ano passa para 25%, mas algumas instituições já vão adotar o total de 50%.

À medida que o percentual da reserva de vagas aumentar, complica ainda mais para a livre concorrência, segundo Cascardo. Ele identifica ainda um outro problema: o número de vagas em cada curso não aumentou tanto nos últimos anos. “A quantidade de vagas oferecidas na medicina da UFMG é até hoje a mesma que na década de 70, por exemplo.” Apesar do fim da segunda etapa na Federal, o especialista aconselho os alunos a não abandonar o hábito de estudar questões abertas. “Elas ajudam o aluno a ter uma boa leitura, boa interpretação. O Enem não quer que o estudante tenha treinamento, mas que saiba resolver o problema. Isso exige compreensão”, disse.

Segunda fase
De acordo com Cascardo, antes mesmo de aderir ao Enem, a UFMG analisou que o número de candidatos que conseguia reverter uma nota na segunda etapa a ponto de conseguir a vaga era muito pequeno, ou seja, os alunos que entravam na universidade tinham alcançado uma pontuação muito boa já na primeira etapa. Agora, ela será fundamental. “O aluno tem que se preparar para fazer um bom Enem. O que muda é a distribuição, por causa do Sisu”, afirmou.

Mas, para o diretor do Colégio Arnaldo, Geraldo Júnio dos Santos, o cenário não é tão preocupante. “O estudante de escola privada deverá ir para a pública para conseguir entrar na UFMG? Não, pois a tendência é de universalização do ensino superior. A cota vem garantir a permanência dos alunos de escola pública, mas não vai tirar o lugar de quem é da particular”, afirma. Ele destaca ainda que há um nicho de estudantes da rede privada que não opta pelas universidades federais. “A reflexão hoje do ensino superior passa pela qualidade. Quem tem poder aquisitivo quer um diferencial, quer pagar e ter aula, laboratórios e não ter problemas de greves longas”, diz.

Para Santos, não ficou mais difícil passar na Federal de Minas, apesar de a disputa envolver o país inteiro. “Alguém tem que entrar e não podemos desprezar nossos alunos, achando que não têm capacidade de ficar tão bem classificados no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) quanto os estudantes de outros lugares. Todos os estados têm seus ouros e mazelas. É hora de o candidato se valorizar, continuar seu roteiro de estudo e deixar de lado as ações que eram específicas da segunda etapa”, conclui.

COMO FICA A RESERVA de vagas
Universidade    2013    2014
Universidade Federal de Minas Gerais    12,5%    25%
Universidade Federal de Ouro Preto    30%    30%
Universidade Federal de Viçosa    20%    25% *   
Universidade Federal de Lavras    12,5%    25% *
Universidade Federal de Alfenas    12,5%    25% *   
Universidade Federal de Juiz de Fora    50%    50%
Universidade Federal de Itajubá    12,5%    25%
Universidade Federal de Uberlândia    25%    25%   
Universidade Federal de São João del-Rei    50%    50%
Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri    50%    50%
Universidade Federal do Triângulo Mineiro    12,5%    50%
* Será analisada a possibilidade de superar os 25%

Integrantes de movimentos estudantis fizeram protesto na manhã de ontem na Faculdade de Direito da UFMG contra o trote praticado na unidade na semana passada, com conotações nazistas e racistas. Munidos de faixas e bandeiras, eles se reuniram na portaria e entraram no prédio, promovendo ato contra diferentes tipos de discriminação. Aproveitando o Dia Internacional de Combate ao Racismo, instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU), os participantes manifestaram repúdio ao trote e pediram momentos de reflexão sobre o tema, para evitar que outras unidades passem pelo mesmo problema.


Morre adolescente esfaqueado por colega
de escola após provocações pelo Facebook
Crime chocou os estudantes de uma escola estadual de Manhuaçu, na Zona da Mata. Autor da facada, que também é menor de idade, foi apreendido pela polícia

Após o crime, estudantes deixaram o
 prédio da escola, atordoados com a situação
Morreu na noite desta quinta-feira em Manhuaçu, na Zona da Mata, o adolescente de 16 anos que foi esfaqueado na barriga por um colega de escola, da mesma idade, por causa de uma briga iniciada com base em calúnias por meio do Facebook. A agressão ocorreu pela manhã e a vítima foi socorrida no Hospital César Leite, onde passou por cirurgia. De acordo com a unidade médica, o garoto não resistiu ao procedimento cirúrgico e o óbito foi atestado às 20h20. O velório estava previsto para começar às 0h30, na capela do hospital. O enterro foi marcado para as 16h30 desta sexta, no cemitério municipal.

O palco da tragédia foi a Escola Estadual Antônio Welerson, onde vítima e agressor estudavam. De acordo com a Polícia Militar, eles se desentenderam por causa de uma brincadeira na rede social. P.S.P afirmou aos militares que W.L.T.S conseguiu a senha do Facebook de um terceiro garoto. Com o perfil desse estudante, W. começou a postar mensagens provocativas no perfil de P., insinuando que os dois garotos mantivessem um relacionamento homoafetivo. Em uma das postagem, W. cita o nome do garoto e diz “estou com saudade”.
P. admitiu aos policiais que decidiu vingar a brincadeira se valendo de agressão física. O adolescente levou uma faca para a escola na última segunda-feira para atacar o rival, que faltou à aula naquele dia. Mas, nesta quinta-feira ambos se encontraram na instituição de ensino. P. disse aos policiais que W. manteve as provocações ao longo da manhã. Na hora do intervalo, P. desferiu um golpe com a faca peixeira na barriga de W., que não teve tempo de se defender.

Sangrando, W. vagou pelos corredores pedindo socorro, até que a vice-diretora da escola percebeu o tumulto e socorreu a vítima. P. não fugiu do local. Segundo testemunhas, ele permaneceu na escola sem esboçar qualquer reação. Ele foi levado para a sala da diretoria. Em seguida ele foi encaminhado para a delegacia.

A reportagem do em.com.br tentou falar com a direção da escola nesta noite, após anúncio da morte do adolescente, mas ninguém foi localizado para comentar o caso. Pela manhã, uma funcionária que pediu para não ser identificada disse que a Superintendência Regional de Ensino já estava a par da situação. P. deverá ser encaminhado aos cuidados do Juizado da Infância e Juventude e poderá responder medida socioeducativa por crime análogo ao de homicídio.
(Portal Uai)
Banco do Brasil abre concurso para nível
médio com salário acima de R$ 2 mil
Trabalhar no Banco do Brasil é o desejo de muitos brasileiros – no passado, quando o banco oferecia muito mais, era um sonho. Afinal, ainda hoje o BB oferece uma série de benefícios que dificilmente são encontrados no setor privado, até mesmo em grandes empresas. Por isso, muitos estão vibrando com a boa notícia: já estão abertas as inscrições para o seu concurso, um dos mais concorridos do país.

Os interessados podem se inscrever para preencher o quadro de reserva da instituição, para diversos estados como Amazonas, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e também Minas Gerais.

Para concorrer ao cargo de escriturário é necessário que o candidato tenha ensino médio completo. A remuneração, que inclui auxílio refeição e cesta-alimentação, soma R$ 2.732.

Fazendo carreira
Apesar de ser um concurso voltado para candidatos com nível médio, nada impede que o concursando tenha curso superior completo. Na verdade, pode até ser uma vantagem competitiva, pois o conhecimento da faculdade pode ter grande valia em algumas matérias.

É o caso de Roberto Magno, bacharel em Ciência da Computação. Há cerca de cinco anos, ele prestou concurso para a instituição, mesmo sabendo que, naquele momento, os vencimentos não seriam tão satisfatórios em relação o tempo e investimento na graduação. “É projeto a médio prazo. Dentro de uma instituição como o Banco do Brasil, há diversas maneiras de galgar uma carreira. Hoje, atuo na minha área de formação”, explica Magno.

Para a consultora em recursos humanos e gestão de pessoas, Barbara Faria, a formação do profissional é vista como um diferencial dentro da instituição pública. “Investir em um concurso público é um processo que pode dar muito certo e garantir qualidade de vida para o funcionário. Hoje, as instituições públicas oferecem planos de progressão por meio de concursos internos”, explica.
(Hoje em Dia)

21 março 2013

Prefeito interino de
Vermelho Novo toma posse
O presidente da Câmara de Vermelho Novo, José Romilson Teixeira (PMDB) tomou posse como prefeito interino. Para o seu lugar, a vereadora Maria Aparecida Santo Luiz Lopes (Cida – PT) assumiu o cargo. A solenidade aconteceu na Câmara Municipal, na noite desta terça-feira (19).

Em entrevista à reportagem do DIÁRIO, Romilson citou a situação política delicada em que o município se encontra. É a primeira vez, desde a emancipação de Vermelho Novo há 16 anos, que um prefeito e vice são cassados. “Espero poder cumprir com o meu papel da melhor maneira possível e desempenhar o meu trabalho. Não sei quanto tempo ficarei a frente do Executivo, mas darei o melhor de mim”, comentou.

Em seu primeiro mandato como vereadora, a presidente interina da Câmara reiterou que o compromisso com o povo continua. “Queremos que os vermelhenses continuem participando das reuniões. É muito importante a presença nas reuniões. Dentro do período em que estiver a frente da Câmara, que trabalhar para ajudar o povo”, concluiu Cida.

Entenda o caso


O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) cassou os diplomas do prefeito e vice de Vermelho Novo, Joventino Antunes Lopes (PSDB) e José das Graças Silva (PSDB), respectivamente. A decisão foi anunciada nesta terça-feira (5).
Joventino é acusado de lesão ao patrimônio público, que “está bem configurada”, de acordo com o juiz Carlos Alberto Simões. Com a decisão, o tucano teve seus direitos políticos cassados por oito anos.
Vermelho Novo é a oitava cidade em Minas que terá novas eleições. 
(Diário de Manhuaçu)

19 março 2013

Erro técnico no "Jornal Nacional"
pode render demissões na Globo
A falha técnica ocorrida na abertura do Jornal Nacional, na noite desta segunda-feira (18), deu o que falar nas redes sociais e, na emissora, o clima ficou bem pesado.

Segundo a blogueira Fabíola Reipert, do R7, houve gritaria e corre-corre nos estúdios da emissora, na hora do problema. O editor-chefe adjunto do telejornal e braço direito de William Bonner, Luiz Fernando Ávila, ficou transtornado no momento.

O diretor geral de jornalismo e esportes da TV Globo, Ali Kamel, e a diretora da Central Globo de Jornalismo, Silvia Faria, ficaram enlouquecidos com o ocorrido e foram correndo para a redação

No final do JN, houve reunião a portas fechadas com parte da equipe. O comentário na empresa é que, por conta desta falha, considerada a pior da história do Jornal Nacional, demissões serão feitas.
(Hoje em Dia)
Cássio Soares recebe
título de cidadão honorário
O secretário de Estado de Desenvolvimento Social, deputado Cássio Soares, recebeu o título de Cidadão Honorário de Conceição da Aparecida. A homenagem ocorreu no último domingo, 17 de março, no Estádio Municipal Demetrão, durante o evento esportivo Bola e Viola. O título foi entregue pelo prefeito Ruberval José Gonçalves, que fez a proposição para a Câmara no ano passado, quando ainda era vereador.

De acordo com o prefeito, a homenagem feita ao Secretário reflete seu trabalho e empenho constante pela região, especialmente pelo município de Conceição da Aparecida. “Esse título é devido ao trabalho que o Cássio vem fazendo pela nossa cidade, principalmente na área da saúde. A população agradece por toda essa dedicação dele para conosco”, afirma Roberval.

Para o Secretário, foi uma satisfação receber das mãos do prefeito Ruberval e vereadores o título de cidadão honorário do município. “Sinto-me honrado em ser cidadão de Conceição da Aparecida. Muito obrigado pela confiança e saibam que minha luta pela cidade continuará sendo sempre pela busca de melhorias aos, agora, meus conterrâneos”, garantiu Cássio.

Ontem, durante sua visita, Cássio Soares anunciou a iluminação do Estádio Municipal Demetrão e também garantiu empenho para a reforma do estádio, com melhoria do gramado. “Esse estádio faz parte da história do município, e deve ser preservado e conservado. O Demetrão, como é chamado, além de proporcionar lazer à população, é um espaço reservado para a prática de esportes”, ressalta.

18 março 2013

Despedida de Dr. Andre 

Carta aberta à comunidade
Gostaria de externar meu agradecimento à comunidade de Raul Soares pela acolhida fraterna e amistosa nesse curto período de intenso convívio.

Desde que assumi o juízo desta comarca pude constatar o elevado nível de civilidade dos habitantes de Raul Soares e Vermelho Novo.

À frente do processo eleitoral, restou evidente o pluralismo de ideias e o enorme senso ético de todos os envolvidos no pleito.

Foi um período desgastante, já que ao assumir a comarca recebi um acervo de mais 7.500 processos.

Deixo novas rotinas de trabalho tanto no gabinete quanto na secretaria, um prédio novo para os autos arquivados, novas instalações para o Juizado e para a serventia criminal, uma cadeia e um abrigo minimamente humanizados e a reconfortante sensação de dever cumprido.

Com a classe dos advogados, os representantes do Poder Legislativo e do Poder Executivo, espero ter pavimentado uma relação fraterna e respeitosa.

Agradeço aos meus queridos funcionários, tanto da justiça comum quanto da justiça eleitoral.
Se o meu trabalho rendeu algum fruto, tenho certeza que tal fato é resultado do empenho e compromisso de todos, bem como pareceria republicana com meus colegas do Ministério Público.

Despeço-me desejando muita paz e sucesso a todos.

Até breve!
Raul Soares, 15 de março de 2013.
(a). Andre Ladeira da Rocha Leão

FOTO: Em ato de despedida, o juiz Andre Ladeira foi à prefeitura sendo recebido pela equipe do prefeito Célio Nesce que o homenageou com uma placa com os dizeres: O município de Raul Soares agradece ao Excelentíssimo Juiz de Direito Andre Ladeira da Rocha Leão pelo relevante serviço jurídico e social prestado à Comarca, pautado por ética, moralidade e humanidade, contribuindo na construção da história raul-soarense. 

15 março 2013

Presidente do PMDB de Minas
substitui Ribeiro na Agricultura
O deputado Antônio Andrade foi chamado para uma conversa na tarde desta sexta-feira com a presidente Dilma Rousseff

Em reunião com o vice-presidente Michel Temer, nesta sexta-feira, a presidente Dilma Rousseff definiu que deputado federal Antônio Andrade (foto), presidente do PMDB de Minas Gerais, irá para o Ministério da Agricultura, substituindo Mendes Ribeiro, que é deputado federal e foi chamado pela presidente Dilma Rousseff para uma conversa nesta sexta à tarde em seu gabinete no Palácio do Planalto.

Na conversa com Temer ficou definido também que o atual ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos, Wellington Moreira Franco, do PMDB, irá para a Secretaria de Aviação Civil, no lugar de Wagner Bittencourt. Quando se encontrar com Mendes Ribeiro, na tarde desta sexta, o ainda ministro da Agricultura vai dizer à presidente Dilma se aceita ou não ir para a Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) ou se retorna à Câmara dos Deputados.

A SAE está sendo cobiçada pelo PSD, de Gilberto Kassab, apesar de o ex-prefeito de São Paulo ter declarado que não quer pasta nenhuma na Esplanada, este ano. Para o PSD já estava acertada a ida de Guilherme Afif Domingos para o novo ministério das Micro e Pequenas empresas. Mas a entrada do partido no governo está ainda dependendo de mais negociações por conta das ultimas declarações de Kassab.

O destino do PR, que almeja um ministério, ainda não está definido. O partido quer Luciano Castro no Ministério dos Transportes, hoje ocupado por Paulo Passos. Mas esta não é a opção da presidente Dilma, que ainda vai discutir o tema com o partido. As primeiras mudanças na Esplanada deverão ser anunciadas ainda nesta sexta.
(Agência Estado)
Dilma promulga lei que muda
distribuição dos royalties
A presidente Dilma Rousseff promulgou a Lei dos Royalties, que altera a distribuição dos recursos gerados pela exploração do petróleo de áreas já licitadas.

A promulgação sai publicada no "Diário Oficial" desta sexta-feira (15). Estados produtores de petróleo como Rio, São Paulo e Espírito Santo esperam apenas a promulgação da lei para questioná-la no Supremo Tribunal Federal.

Alegando ser inconstitucional por alterar contratos já firmados, a própria presidente Dilma Rousseff havia vetado vários dispositivos da nova lei, entre eles o que redistribui os recursos entre produtores e não produtores de petróleo de áreas já em exploração.

A Lei dos Royalties, contudo, dividiu o Congresso entre representantes de Estados e municípios produtores e não produtores.

Depois de derrubar 142 vetos presidenciais, o Congresso enviou o texto de volta ao Palácio do Planalto nesta quinta-feira (14), por volta de 11 horas.

Dilma tinha 48 horas úteis para promulgar a Lei dos Royalties. O prazo venceria na próxima segunda-feira, segundo a Secretaria de Relações Institucionais da Presidência.
 Mas a presidente, que já havia dito que respeitaria a vontade do Congresso, decidiu assinar o texto nesta quinta.

Os royalties são um percentual do lucro obtido pelas empresas e pagos ao Estado como forma de compensação pelo uso de recurso natural.

Pela regra atual, os grandes Estados produtores ficam com 26,25% dos royalties. Os não produtores recebem apenas 1,76%.

Com a esperada derrubada do veto, o Congresso retomará o texto original que prevê uma redução na parcela de Estados produtores de 20% da arrecadação.

O governo se concentra agora em aprovar uma Medida Provisória que destina 100% dos royalties para a educação.
(Folhapress)

14 março 2013

Informativo da Prefeitura de Raul Soares
Prefeitura viabilizando
parceria com o Projeto Ajudôu
Realizou-se, nesta terça-feira (13 de março), na Prefeitura de Raul Soares, uma reunião com o representante do Projeto Ajudôu que objetiva a inclusão social através do esporte Judô.

Esse projeto, criado em 1995, desenvolve suas atividades em parceria com empresas privadas e, sendo parceiro da Brookfield Energia, vem se instalar em Raul Soares por diversos fatores, entre eles a carência de oportunidades para as pessoas de baixa renda, desenvolvimento sócio-educativo e possibilidade gratuita de acesso ao esporte especializado.

Desde sua implantação o Ajudôu atendeu mais de 3000 crianças e adolescentes proporcionando na comunidade uma nova concepção dos benefícios do esporte, uma ferramenta importante de extensão acadêmica e principalmente o direito das crianças a se divertirem e interagirem de forma organizada.

Nesse primeiro momento ficou acertado que o início se dará com o esporte Judô, com aulas já previstas para iniciar em junho próximo.

O projeto vai atender alunos que estejam matriculados e frequentes nas escolas públicas, sem custo, além de fornecimento de uniforme e tudo mais necessário para efetiva participação do aluno inscrito.

Participaram da reunião o representante do Projeto Ajudôu, Júlio César, o prefeito Célio Nesce, chefe de gabinete Nery Condé, secretária de educação Herculina Abrantes e coordenador de esportes Marcos Cândido.

Cássio anuncia R$ 110 mil para
pavimentação de ruas em Capetinga
Secretário Cássio Soares (esq.),
 governador Anastasia (centro) e prefeito Daniel 
O Secretário de Estado de Desenvolvimento Social, deputado Cássio Soares, anunciou nesta quarta-feira, 13 de março, a liberação de R$ 110 mil para pavimentação e recapeamento de ruas do município de Capetinga. 
O governador Antonio Anastasia autorizou o pagamento de parcelas de convênios junto a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas.

O prefeito Daniel Bertholdi, de Capetinga, ficou satisfeito com a liberação da verba e afirmou que as obras serão de grande importância e beneficiará toda a população da cidade. “O recapeamento e pavimentação irá melhorar diversas ruas do nosso município. Espero que essa parceria com o Secretário nos ajude a conseguir ainda mais melhorias para a cidade de Capetinga”, disse.

Segundo o Secretário, essa é uma benfeitoria muito esperada por moradores desse município. “A população de Capetinga necessitava da pavimentação de suas ruas e o meu trabalho vai continuar nesse ritmo, atendendo sempre mais e melhor nossos municípios. As nossas comunidades podem contar sempre com o meu empenho e dedicação”, afirmou Cássio.

Hospital São Sebastião de Raul Soares
Reforma a Central de Esterilização (CME)
Desde fevereiro de 2013 entrou em funcionamento, no Hospital São Sebastião de Raul Soares, a primeira Autoclave de Barreira (Doação da Cemig – através do Projeto Energia Inteligente em 2012).

A Autoclave é equipada por duas portas automáticas (BARREIRA) que impedem contaminação da área limpa, com a entrada do material contaminado por uma porta e saída do material estéril por outra, além de contar com uma câmara interna de 360 litros, a qual possibilita uma produção de material esterilizado bem maior e mais confiável.

A CME está diretamente ligada a prevenção e controle da infecção hospitalar, por isso o Hospital São Sebastião de Raul Soares vem buscando a cada dia melhorias para oferecer atendimento de qualidade aos seus usuários.

A equipe atuante na CME passou treinamento pela equipe técnica do fabricante.
(Fonte: Enfermeira Janaína Rossinol)
Arábia Saudita executa sete
ladrões após rejeição de recurso
Sete homens sauditas, condenados por roubo, saque e roubo armado foram decapitados nesta quarta-feira (13), segundo a agência oficial de notícias da Arábia Saudita. A execução aconteceu mais de uma semana depois de suas famílias e grupos de direitos humanos terem aberto um recurso pedindo a clemência do rei para os réus.

As execuções aconteceram em Abha, cidade da região sul de Asir, informou a agência Saudi Press. O sul tem sido marginalizado e sofrido discriminação da poderosa região central onde estão localizadas a capital, Riad, e as cidades sagradas de Meca e Medina.

Os sete homens foram detidos em 2006 e receberam penas de morte em 2009, informou um jornal saudita na época. O caso voltou a chamar atenção depois de o Human Rights Watch ter pedido, no começo do mês, o cancelamento das sentenças porque os homens eram menores de idade na época da prisão.

Um dos homens disse à Associated Press, no início de março, que ele tinha apenas 15 anos quando foi detido, suspeito de fazer parte de uma rede que roubou joias em 2004 e 2005. Nasser al-Qahtani disse que foi torturado para confessar e que não teve acesso a advogados.

Al-Qahtani afirmou que durante os longos anos de julgamento ele esteve perante o juiz apenas três vezes e que, quando os homens tentaram reclamar com o juiz sobre a tortura e mostraram as marcas em seus corpos, foram ignorados. Ele afirmou também que o juiz não designou um advogado para ele.

As sentenças originais previam a execução por um pelotão de fuzilamento e crucificação, mas a agência de notícias informou nesta quarta-feira que os sete foram decapitados. Um funcionário de segurança, que falou em condição de anonimato, disse que três homens com espadas realizaram as execuções.

A Arábia Saudita segue uma rígida implementação da lei islâmica, a sharia, pela qual pessoas condenadas por assassinato, estupro e roubo armado podem se executados, geralmente com o uso de espadas. As informações são da Associated Press.
(Agência Estado)

13 março 2013

Argentino é anunciado novo papa
 (AFP PHOTO/DANIEL GARCIA)
"Habemus Papam". E o Sumo Pontífice é argentino. A notícia, há poucos dias impensada pelos fiéis latino-americanos, veio às 16h18 horas desta quarta-feira. Seguindo a tradição de dizer o primeiro nome do novo papa em latim e o sobrenome no idioma de origem, o cardeal-diácono Jean-Louis Tauran anunciou aos milhares de católicos presentes no Vaticano, da varanda central da Basílica de São Pedro, Dom Jorge Mario Bergoglio como novo sucessor de Pedro no comando da Igreja Católica. Esta é a primeira vez em dois milênios que é escolhido um Santo Padre nascido na América. Há mais de 1300 anos, o eleito pelo conclave sequer era de fora da Europa.
(Portal Uai)


Argentino Jorge Bergoglio é escolhido
novo papa e se chamará Francisco
O cardeal argentino Jorge Mario Bergoglio, 76, arcebispo de Buenos Aires, é o novo papa. Ele escolheu o nome de Francisco. O papa Francisco é o primeiro latino-americano da história. Foi a primeira vez que o seu cargo foi entregue a um membro da Sociedade de Jesus. Ele obteve ao menos 77 votos dos 155 cardeais de todo o mundo que participam desde terça-feira (12) do conclave, na Capela Sistina, no Vaticano.

Conforme a tradição, o resultado foi anunciado por meio da emissão de uma fumaça artificialmente colorida de branco, pela chaminé da Capela Sistina. Nos dias anteriores, quando os escrutínios terminaram sem um consenso, a fumaça expelida era de coloração preta. O resultado foi confirmado pelo som dos sinos da Basílica de São Pedro.

No cargo, ele sucede Bento 16 que renunciou no dia 11 de fevereiro, em uma atitude inédita em quase 600 anos.

Na Argentina, Bergoglio é conhecido pelo conservadorismo e pela batalha contra o kirchnerismo. O prelado também é reconhecido por ser um intenso defensor da ajuda aos pobres. O argentino costuma apoiar programas sociais e desafiar publicamente políticas de livre mercado. Embora se mostre preocupado com a população de baixa renda, o papa não é adepto da Teologia da Libertação, corrente prestigiada na Igreja brasileira que, com base em ideias marxistas, defende que o clero atue prioritariamente servindo os mais pobres.

O conservadorismo do novo papa é conhecido por declarações contra o aborto e a eutanásia. Além disso, embora ressalte que homossexuais merecem respeito, Bergoglio é contra o casamento gay. O jesuíta nasceu na capital argentina e, depois de cursar o seminário no bairro Villa Devoto, entrou para a Sociedade de Jesus, aos 19 anos, em 1958. Foi ordenado padre pelos jesuítas um ano depois, quando estudava teologia e filosofia na Faculdade de San Miguel.

A partir de 1980, foi reitor da faculdade de San Miguel, cargo que ocupou por seis anos. O papa obteve o título de doutor na Alemanha. Em 1992, foi nomeado bispo e elevado a arcebispo em 1997, passando a chefiar a arquidiocese de Buenos Aires desde então. O argentino ingressou no Colégio de Cardeais em 2001. Na Santa Sé, participava de diversos dicastérios: era membro da Congregação para o Culto Divino e para a Disciplina dos Sacramentos, da Congregação para o Clero e da Congregação para os Institutos da Vida Consagrada e das Sociedades da Vida Apostólica, além do Conselho Pontifício para a Família e da Comissão Pontifícia para a América Latina.

Ele era considerado "papável" desde o conclave que elegeu o alemão Bento 16 para suceder o polonês João Paulo 2º, em 2005. Com a renúncia do primeiro, o nome do arcebispo de Buenos Aires voltou a ficar entre os mais cotados ao posto de papa.

Durante o conclave, os cardeais permanecem em absoluto isolamento, impedidos de vazar informações sobre as votações, sob pena de excomunhão. Eles foram vistos pela última vez na terça-feira (12), quando fizeram uma procissão rumo à Capela Sistina e deram início aos trabalhos.
Neste período, os cardeais ficam hospedados na Casa de Santa Marta, dentro do Vaticano. Lá, os quartos são sorteados, para que ninguém possa escolher seu vizinho, e não há telefone ou internet disponíveis.
(Folhapress)