31 maio 2012

Vai 'bombar' em Santo Antonio do Grama!
Lenda Asiática

Conta uma lenda asiática que um lavrador foi procurar o sábio de seu vilarejo e começou a se queixar sobre as agruras de sua vida. Estava cansado de lutar contra as adversidades e lhe parecia que mal terminava de resolver um problema, surgia um pior. Estava a ponto de desistir de tudo.
   
O homem sábio pediu-lhe para descer até o lago e trazer um balde com água. Feito isso, o sábio dividiu a água em três panelas e colocou-as no fogão. Logo a água estava fervendo. Na primeira panela ele pôs várias cenouras, na segunda alguns ovos e na terceira um punhado de folhas de chá.
   
Depois de meia hora, o sábio tirou as panelas do fogão. Pegou as cenouras e colocou-as numa tigela, pôs os ovos noutra tigela e derramou o chá numa terceira tigela. Virando-se para o lavrador, perguntou:
   
- Diga-me o que você está vendo?
- Cenoura ovos e chá.
- Pegue uma e cenoura e aperte-a. O que lhe parece? 
- A cenoura está cozida, mole.
- Agora, pegue um ovo e quebre, disse o sábio.
     
O lavrador quebrou a casca e viu que o ovo estava bem cozido. Por fim, o sábio mandou o lavrador tomar o chá. Ele sorriu quando sentiu o aroma delicioso e bebeu com prazer. Em seguida, perguntou:
- O que o senhor pretende com isto?
     
O sábio explicou que essas três coisas tinham enfrentado a mesma adversidade - água fervente - e cada uma reagiu de maneira diferente. A cenoura entrou forte e rija, mas, ao ser submetida ao calor, amoleceu e ficou fácil de cortar. O ovo era frágil, só contava com casca muita fina para proteger seu interior, mas a água fervente o fez endurecer. As folhas de chá, todavia, mostraram um comportamento singular: depois de passarem alguns segundos mergulhadas na água fervente, elas modificaram a água.
     
Qual deles é você - indagou o sábio? - Como reage quando a adversidade bate à sua porta? Você é uma cenoura, um ovo ou uma folha de chá?
     
Quem é como a folha do chá, consegue enfrentar e modificar as piores situações, e sair revigorado desse combate. 
(Geraldo Magalhães) 

30 maio 2012

Conjunto Habitacional Bairro São Judas Tadeu
Prefeitura de Santo Antonio do Grama
constrói moradias para carentes

Estão em processo acelerado as obras de construção de 40 apartamentos sociais que serão doados às famílias carentes de Santo Antonio do Grama.

Com ótima localização, os apartamentos tem 2 quartos, sala, cozinha, banheiro, área de serviço e pisos frios com toda infraestrutura necessária, água canalizada, calçamento, esgoto e iluminação. 

Segundo o prefeito Jeferson Russo (PSDB,) as famílias escolhidas irão passar pela Secretaria de Assistência Social para análise.

Os apartamentos fazem parte do plano de governo quando da reeleição do prefeito Jeferson. As obras estão sendo realizadas no Bairro São Judas Tadeu pela empresa vencedora "Pontal Engenharia" e os recursos são oriundos dos cofres municipais com o apoio da Anglo American.
(Wesley Moreira/Assessoria de Comunicação/Prefeitura de Santo Antonio do Grama)
 



Nova técnica usa o hálito para
diagnosticar doenças do coração

Quanto maior o nível de acetona, mais elevado é o estágio do problema
  
Uma técnica desenvolvida por pesquisadores do Instituto do Coração (InCor), do Hospital das Clínicas, faz o diagnóstico de insuficiência cardíaca de forma rápida, precisa e mais barata, por meio, apenas, do sopro. O exame é feito com um pequeno aparelho que mede o nível de acetona (substância de cheiro forte, produzida durante os processo de metabolismo do corpo) presente no ar expelido pelo paciente. Quanto maior o nível, mais elevado é o estágio da doença.

A nova técnica pretende facilitar o diagnóstico principalmente em postos de atendimento que não são especializados em doenças do coração. Atualmente, a constatação da insuficiência é feita por um exame de sangue, que verifica a presença de uma substância chamada bnt. “O novo exame é tão preciso quanto o atual, pois observamos que o nível da acetona no ar exalado cresce de maneira proporcional ao nível do biomarcador bnt no sangue”, ressaltou o médico do InCor Marcondes Bacal.

Além disso, o novo exame custará cerca de 30% do valor cobrado na análise do sangue. “O exame de sangue custa mais de R$ 100. A troca vai reduzir custo para o pacientes e até para o SUS [Sistema Único de Saúde]”, destaca o médico.

Segundo Fernando Bacal, a insuficiência cardíaca é a etapa final de uma série de doenças que atingem o coração, como miocardites, doença de chagas, infartos. O órgão fica debilitado e passa a bombear o sangue com menos força. Isso causa retenção de líquidos, inchaços, acumulo de água no pulmão e principalmente falta de ar e cansaço excessivo aos esforços. “Cerca de 10% dos pacientes que atingem esse nível da doença necessitam de transplante e aproximadamente 50% correm o risco de morrer.”

O médico disse que o estudo dessa nova técnica surgiu quando se observou que os pacientes em fase avançada da doença exalavam um forte cheiro pela boca ao falar. “O hálito deles tem um odor peculiar, que chamou a atenção. A pesquisa investigou qual era esse elemento [que causava o cheiro] e identificou a acetona como um novo biomarcador da doença, capaz de confirmar a insuficiência cardíaca”, explicou o médico.

“A acetona não é produzida no dia a dia. Quando acontece é porque há alguma agressão. O corpo a produz para se sustentar e fazer energia de alguma maneira”, explica a também cardiologista do InCor, Fabiana Marcondes Braga, autora de uma tese de doutorado sobre acetona.

O médico, porém, destaca que a análise do sangue exige uma estrutura para ser feita. “No novo aparelho, atualmente pegamos o ar exalado, condensamos com um processo de resfriamento, levamos o líquido para o laboratório e o resultado sai em horas. Mas, com algumas evoluções, vamos conseguir com que o resultado saia imediatamente, no próprio aparelho. Isso vai possibilitar um encaminhamento mais imediato para o tratamento especializado.”

O estudo tem a parceria do Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP) e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). Segundo Marcondes Bacal, o próximo passo é levar a pesquisa para outras universidades. “Vamos tentar aprimorar o aparelho de coleta do ar exalado e depois conseguir uma parceria com indústrias para o desenvolvimento tecnológico. Se tudo der certo, dentro de um ou dois anos a técnica já estará disponível.”
Agência Brasil)

28 maio 2012

Mais uma promoção de alto
nível em Santo Antonio do Grama

25 de maio: Dia Nacional
de Respeito ao Contribuinte
O dia 25 de maio foi instituído pela Lei nº 12.325, de 15 de setembro de 2010, como Dia Nacional de Respeito ao Contribuinte, com o objetivo de mobilizar a sociedade e os poderes públicos para a conscientização e a reflexão sobre a importância do respeito ao contribuinte, pois, ao cumprir com suas obrigações tributárias de maneira transparente e eficiente, colabora efetivamente para reduzir as desigualdades sociais e construir uma sociedade mais justa e solidária.

Todos os brasileiros são contribuintes, e, como cidadãos, é comum se queixarem quanto à  carga tributária imposta pela União, Estados e Municípios. O contribuinte vem aprendendo, na prática, a importância dos tributos para manter os serviços públicos (saúde, escolas, segurança e toda infraestrutura dos entes federativos) e o combate às desigualdades sociais e regionais da Federação.
Conscientizar a sociedade de forma clara e transparente a respeito das atividades de arrecadação e de fiscalização possibilitando assegurar direitos e, por outro lado, os deveres inerentes à prática cidadã de manutenção do Estado, bem como mobilizar a sociedade e o poder público em prol de uma conscientização da importância do respeito ao contribuinte é um dos objetivos do PROEFE – Programa Estadual de Educação Fiscal desenvolvido pela Secretaria de Estado da Fazenda de Minas Gerais – SEF/MG.

A Fazenda Pública Estadual, em respeito ao contribuinte, vem buscando a excelência no atendimento, presencial e virtual, promovendo constantes melhorias dos serviços disponibilizados na Internet (http://www.fazenda.mg.gov.br). Hoje o contribuinte pode, sem sair de casa ou do trabalho, ter acesso a diversos serviços através do SIARE – Sistema Integrado de Administração da Receita Estadual: emissão de certidão de débitos tributários, emissão de notas fiscais avulsas, pedidos de restituição e isenção, solicitação de autorização para impressão de documentos fiscais, solicitações de inscrição, alteração e baixa no cadastro de contribuinte, emissão de documentos de arrecadação para quitação de ICMS, IPVA, ITCD, dentre outros que visam a simplificação de processos.

Além desta modernização e simplificação de processos a SEF implementou a Gestão Estratégica com definição de indicadores para aferição de prazos e cumprimento de metas, contribuindo para a melhoria contínua dos serviços prestados aos contribuintes/cidadãos.

Para maior interação com o contribuinte, a SEF disponibilizou em sua Central de Atendimento:
- Clique Denúncia (http://www.minaslegal.mg.gov.br)
- Correio Eletrônico (centraldeatendimento.mg.gov.br)
- Telefone 155.
A Superintendência Regional da Fazenda de Ipatinga cumprimenta todos os contribuintes nesta data emblemática.

Show de Victor e Leo em Abre Campo
No domingo de ontem (27mai) a dupla musical formada pelos irmãos Victor Chaves Zapalá Pimentel e Leonardo Chaves Zapalá Pimentel se apresentou profissionalmente pela primeira vez em sua terra natal, Abre Campo.

Victor, nascido em 15 de abril de 1975 executa violão e vocal e Leo, vocal, é nascido em 4 de outubro de 1976. Eles formam uma dupla de cantores, compositores e arranjadores musicais com estilo que mistura folclore, pop, romantismo e sertanejo com grande sucesso em todo o Brasil.

A carreira teve inicio em 1992 em Abre Campo e depois, em 1994, a dupla mudou-se para Belo Horizonte onde cantavam na noite. Na Capital mineira se aperfeiçoaram aos arranjos e composições durante cinco anos.

No ano de 2001 Victor e Leo mudaram-se para São Paulo onde cantaram na noite por mais de seis anos até que o sucesso estourou em meados de 2006.
Naquela época suas músicas ganharam espaço e ocuparam os primeiros lugares em emissoras do país.
As músicas tocadas eram “Fotos”, “Tem que ser você”, “Fada”, “Vida Boa”, “Sinto Falta de Você”, “Amigo Apaixonado”, “Lembranças de Amor”, “Borboletas”, “Deus e Eu no Sertão” e “Nada Normal” (todas de autoria de Victor).

Victor e Leo são conhecidos como “O Fenômeno da Música”.

Foi emoção total (Nice – 28 de maio de 2012)
Pontualidade mineira (Cê sabe, né? Mineiro não perde o trem!).
O show começou às 22h30, assim como combinado. Mas foi muuuuuuita emoção!

O Victor, o primeiro a subir ao palco se emocionou, não contendo as lágrimas, chorava como uma criança. “Não queria que chorasse, chorei”… Meus olhos vieram as lágrimas em sentir aquela emoção, aquela energia.

Foi difícil para o Vih começar a cantar, mas ele deu conta e começou cantando Borboletas. Leo também muito emocionado, chorava!!!!
Victor nos contou que até o pessoal da equipe, deles, estavam chorando quando estavam montando o palco.

Foi um show com muitas músicas, mas também de muitas conversas…
Mas com tudo que é bom dura pouco, chegamos ao final do show as 00h30.

Então fomos esperar os meninos no portão da saída do camarim…. Nossa, esperamos muitooooo. Massssss….
Valeu a pena. Êh! Êh! Valeu a pena. Êh! Êh!

Ô meu Deus, esse meninos são demais!
Deus abençoe a vida e a carreira deles.
O respeito que eles têm pelo seu público é impressionante.
Não é obrigação, é uma troca de amor e energia.
Valeu meus meninos!
(Com contribuição do site oficial da dupla e a fã Nice)


















































































































Justiça condena creche a pagar R$ 5.000 para família de bebê mordido por outra
criança

Na última terça-feira (22), o TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) condenou uma creche particular a indenizar em R$ 5.000 a família de um bebê de dois anos de idade que foi mordido por outra criança na boca, rosto, costas, nádegas e nos braços. Ao todo, o bebê sofreu pelo menos sete lesões.

A creche alegou que as mordidas entre crianças é algo comum e que não houve negligência do estabelecimento, pois assim que o fato ocorreu, em novembro de 2007, a funcionária prontamente socorreu a criança e providenciou os cuidados.

Mas para o juiz, a quantidade de mordidas mostra que a creche não exerceu a devida vigilância das crianças. De acordo com a decisão, “agressões entre crianças são fatos previsíveis e evitáveis na medida do possível, sendo certo que, a extensão do dano causado teria sido plenamente evitável por parte da ré [creche] caso houvesse atuado com as diligências necessárias próprias do serviço que oferece”.

A creche condenada em primeiro grau ainda recorreu da decisão em segunda instância, mas os desembargadores confirmaram a condenação e ainda afirmaram que “pela tenra idade, as crianças das creches não têm discernimento para saber o que é certo ou errado, tampouco têm conhecimento das normas de convivência social, daí porque os cuidados da entidade de ensino devem ser redobrados para evitar que elas machuquem ou saiam machucadas daquele ambiente”.

Responsabilidade das creches
Para os juízes, a obrigação das creches não se restringe a fornecer aulas e demais atividades escolares, mas também à segurança. Eles entendem que o contrato de prestação de serviços educacionais acarreta a responsabilização dos estabelecimentos, sejam eles públicos ou particulares.

O entendimento consolidado e recorrente no TJ-SP é de que as creches são responsáveis pela integridade física das crianças que estão sob sua guarda e, por isso, se alguma delas vier a se machucar em uma briga com outra criança, os pais devem ser indenizados independentemente de culpa do estabelecimento.

Em casos envolvendo creches públicas, o TJ-SP também tem condenado o Estado pelas lesões que crianças causam umas as outras.
Censo aponta que 11% das moradias
têm esgoto a céu aberto na rua

O esgoto a céu aberto e o despejo irregular de lixo permanecem no entorno (um dos lados da quadra) de 11% e 5% dos domicílios brasileiros, segundo pesquisa inédita divulgada nesta sexta-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) com base nos dados do Censo 2010.

A pesquisa contempla 47,2 milhões de moradias e tem como objetivo apontar as características urbanas dos municípios --iluminação pública, pavimentação, calçadas, arborização, identificação do logradouro, bueiros e rampas para cadeirantes, além do esgoto e despejo de lixo.

A infraestrutura urbana mais presente nos domicílios brasileiros foi a iluminação pública. De acordo com a pesquisa do IBGE, 96,3% das moradias têm poste com iluminação pública de qualidade, o que aumenta a sensação de segurança para a população.

Segundo o instituto, 41,5% dos domicílios têm bueiros e bocas de lobo no entorno para captação de água de chuva, enquanto 60,5% têm identificação do nome da rua na quadra (placas em postes, muros ou paredes de prédios).

Com relação ao verde, 68% dos domicílios brasileiros têm ao menos uma árvore no entorno. Das moradias, 69% têm calçadas e 77% têm meio-fio/guia na quadra. Já os domicílios com a rua pavimentada somam 81,7%.
(Folha.com)

27 maio 2012

Lions de Raul Soares
realiza Festa do Gari

O surgimento do termo gari provém do nome de Pedro Aleixo Gary. Durante o Império, ele assinou o primeiro contrato de limpeza urbana no Brasil. Aleixo costumava reunir, no Rio de Janeiro, funcionários para limpar as ruas após a passagem de cavalos. Os cariocas, que se acostumaram com esse trabalho, sempre mandavam chamar a "turma do gari".
Aos poucos e de tanto repetir, a população associou o sobrenome de Aleixo Gary aos funcionários que cuidam da limpeza das ruas. (Wikipedia)

O Lions Clube de Raul Soares, há mais de 40 anos participando do desenvolvimento social no município, tradicionalmente realiza a Festa do Gari como forma de reconhecer a importância da profissão no dia-a-dia das pessoas e de valorizar a presença dos garis raul-soarenses junto à sociedade.

A reunião festiva aconteceu na noite de ontem (26mai) quando reuniu garis e familiares e convidados nas dependências da Apromai.
Registrou-se um ambiente amigo, solidário e digno aos profissionais que cuidadosamente buscam manter a cidade limpa.

Na oportunidade a direção do Lions ofereceu uma feijoada aos presentes e um concorrido sorteio de prêmios aos garis participantes.
O presidente da entidade, Henrique, assim como a família leonina, mostrou-se satisfeito pela realização e destacou que aquela homenagem só foi possível graças ao empenho dos membros do Lions que contaram com oferta de representantes da sociedade de Raul Soares. 

26 maio 2012

Campeonato de Futsal da Vila Barbosa

Na noite do último dia 19 de maio encerrou-se o Segundo Campeonato de Futsal da Vila Barbosa que foi realizado na Quadra de Esportes.

Esse evento atraiu esportistas locais e aquela comunidade que esteve presente para assistir e prestigiar os atletas.

Na oportunidade a equipe Barrelada conquistou o título.

(Gentilmente cedidas pelo esportista Redvan Augusto)
Luiz Carlos Miranda deixa ALMG e
deve disputar a prefeitura de Ipatinga

O sindicalista Luiz Carlos Miranda deixa o cargo de deputado estadual esta semana, em cumprimento à legislação eleitoral, para que Carlos Pimenta, atual Secretário de Estado de Trabalho e Renda e titular do cargo, possa disputar as eleições para a prefeitura de Montes Claros.  

Luiz Carlos Miranda, que também responde pela presidência do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Ipatinga (Sindipa) e pela direção da Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM), assumiu a vaga do então deputado Carlos Pimenta em fevereiro do ano passado, quando este foi investido ao cargo de Secretario de Estado de Trabalho e Renda.  

Futuro político 
Nas palavras do sindicalista, é com grande determinação e satisfação que ele desempenhou seu papel como representante do povo mineiro: “Aprendi muito durante meu mandato como deputado estadual, e estarei sempre à disposição da população para dar continuidade à luta pelo desenvolvimento da região dos Vales do Aço e Rio Doce e de todo o Estado. Há muita batalha ainda pela frente. Queremos salários dignos para todos os trabalhadores, respeito aos professores, reajuste para os aposentados, qualificação profissional para os jovens, implantação da jornada de 40h semanais, duplicação da BR-381, fim do fator previdenciário, dentre várias outras reivindicações”, defendeu.
  
Questionado sobre uma possível candidatura à prefeitura de Ipatinga, Luiz Carlos Miranda, que tem a simpatia do Governo de Minas, afirma que as conversas com as lideranças políticas e sociais de Ipatinga e o governo do estado estão avançando. “Estivemos quarta-feira (23) em Brasília em diversas reuniões com a direção do nosso partido e lideranças nacionais. Não iremos nos acovardar diante da situação caótica em que nossa cidade se encontra em função da irresponsabilidade de uma série de desgovernos que não tiveram comprometimento com o povo de Ipatinga. Chega dessa política que só visa o interesse pessoal. Temos experiência, preparo e muita disposição para trabalhar pelo coletivo. Foi o que sempre fizemos em toda nossa vida. Nosso nome estará sempre à disposição do povo de Ipatinga, do Vale do Aço e toda Minas Gerais”, concluiu.
(Assessoria de imprensa Dep. Luiz Carlos Miranda) 
Informativo da Polícia de Meio Ambiente
Operação Malha Fina sacode Raul Soares

Locais da operação: Córrego Cachoeira Comprida, Córrego Boachá, Bairro Tarza e Vila Esperança - zona rural e zona urbana de Raul Soares/MG

Considerando diversas denúncias de pesca e caça predatória, militares da Fração da Polícia do Meio Ambiente de Raul Soares realizaram levantamentos sobre as informações acerca dessa prática delituosa.

Diante das informações obtidas, foram solicitados 15 (quinze) Mandados de Busca e Apreensão junto ao Poder Judiciário da Comarca e na última quinta-feira, 24/02/2012, com o apoio de das frações das Policias do Meio Ambiente de Manhuaçu e de Caratinga, foi organizada a operação intitulada “MALHA FINA”, para o cumprimento de diversas diligências tanto na zona rural, quanto na zona urbana do município, culminando com os seguintes resultados:
Prisões efetuadas: 02
Espingardas apreendidas: 02
Revolveres apreendidos: 02
Garruchas apreendidas: 02
Animais abatidos apreendidos (Paca): 02
Redes de emalhar /Pesca apreendidas: 22
M² de rede de pesca: 516 M²
Tarrafas: 03
Autos de Infração SISEMA lavrados: 05
Valores dos autos de infração: R$ 10.252,87
Lanterna: 01
Cartuchos: 50
Caixa contendo pólvora: 03
Caixa contendo espoletas: 02
Caixa contendo chumbos: 05
Notificações lavradas: 01
Viaturas Mamb empregadas: 05
Militares Mamb empregados: 16
Militares POG empregados: 01
Total de Militares empregados na operação: 17

“A polícia do Meio Ambiente continuará efetuando de maneira efetiva, o combate à pesca predatória e a crimes contra a fauna em nossa região. Agradecemos e contamos sempre com o apoio da sociedade para reprimir estas práticas tão nocivas e cruéis contra os animais silvestres e peixes de nossos rios. Os nossos telefones, seja o 190 ou 3351-1248 estão à disposição para àqueles que quiserem denunciar fatos dessas naturezas ou mesmo para receber quaisquer outras informações”, declarou o Sargento Zanoti, Comandante do Grupo de Polícia Ambiental de Raul Soares.

Equipe: 1º Sgt Mageste, 2º Sgt Zanoti, 3º Sgt Edmar, 3º Sgt Silas, 3º Sgt Adélcio, Cb Temporim, Cb Félix, Sd Edson, Sd Leandro, Cb Willian, Cb Edson, Cb Ivan, Cb Pretes, Cb Garcia, Cb Gonçalves, Cb Rocha e Sd Dion.

















Tempestade no copo d’água

Existiu, certa vez, uma aldeia que havia, entre seus habitantes, um velho homem muito sábio. Os aldeões contavam com sua sabedoria para prover respostas á suas perguntas e preocupações.
   
Um dia, um fazendeiro da aldeia foi ao homem e disse num tom frenético: "Homem sábio, me ajude. Uma coisa horrível me aconteceu. Meu boi morreu e eu não tenho outro animal para me ajudar arar o campo! Esta não é a pior coisa que poderia me acontecer?"
O homem sábio respondeu: "Talvez sim, talvez não.". O homem correu de volta para aldeia e contou a seus vizinhos que o homem sábio tinha ficado maluco. Estava claro que esta era a pior coisa que poderia lhe ter sucedido. Por que será que ele não via isso?
   
No dia seguinte, no entanto, um cavalo jovem e forte foi visto nas proximidades da fazenda do homem. Como ele não mais possuía um boi para ajudá-lo, ele teve a ideia de aproveitar o cavalo para o trabalho que era designado ao boi - e foi o que fez.

Que felicidade para o fazendeiro! Nunca arar um campo tinha sido tão fácil. Ele voltou ao homem sábio, para se desculpar:
"Você estava certo homem sábio. Perder meu boi não foi a pior coisa que poderia me acontecer, foi uma benção disfarçada! Eu nunca poderia ter capturado meu novo cavalo se isso não tivesse me acontecido, você há de concordar que essa foi a melhor coisa que poderia ter me acontecido."

O homem sábio tornou a dizer: 
"Talvez sim, talvez não."

De novo, não pensou o fazendeiro. 
Agora não havia dúvidas que o homem sábio estava enlouquecendo.
   
Mais uma vez, no entanto o fazendeiro não sabia o que o aguardava. Alguns dias mais tarde, o filho do fazendeiro estava andando a cavalo e caiu. Quebrou a perna e não poderia mais ajudá-lo na colheita. Oh, não, pensou o fazendeiro. Agora morreremos de fome. O fazendeiro foi de novo ao homem sábio. Desta vez ele disse:

"Como é que sabia que capturar o cavalo não foi coisa boa? Estava certo novamente, meu filho se machucou e agora não poderá me ajudar na colheita. Estou certo de que esta é a pior coisa que poderia ter me acontecido, desta vez você será obrigado a concordar".
Mas, da mesma maneira que nas vezes anteriores, o homem sábio olhou calmamente para o fazendeiro num tom compassivo e repetiu, "Talvez sim, talvez não."

Enraivecido pelo fato do homem sábio ter sido tão ignorante, afinal, o fazendeiro voltou bufando para a aldeia.
   
No dia seguinte chegaram tropas ao vilarejo, para levar todos os homens jovens e saudáveis para uma guerra que tinha acabado de estourar. O filho do fazendeiro foi o único jovem da aldeia que não teve que ir. Ele viveria, onde os outros, com toda certeza, estavam fadados a morrer.
   
A moral que esta historia nos traz é uma lição poderosa. A verdade é que não sabemos o que irá nos acontecer - apenas acreditamos saber. Muitas vezes criamos grandes casos a partir de coisas insignificantes.
   
O texto bíblico de Jó, narra a trajetória de um homem que foi colocado à prova por DEUS, e, com paciência e fé, este recuperou tudo o que perdeu, e no final Jó diz: "Eu venci o mundo", o pecado de Jó consistia em ampliar os problemas.

Os filósofos dizem que existe um único momento, o presente, e os hindus dizem que DEUS é o momento presente.
   
Mestre Jesus nos ensina em Mateus 6:33/34: " Buscai no SENHOR, pois, em primeiro lugar, o seu reino e sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas.
Portanto não vos inquieteis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará os seus cuidados; basta ao dia seu próprio mal.
(Geraldo Magalhães)
Cobra de quase 2 metros é encontrada
em cama de mulher em Montes Claros

FOTO: Corpo de Bombeiros/Divulgação
Cobra foi capturada por militares do
 bombeiros e encaminhada para o Ibama
Dona de casa que mora no bairro São Geraldo II acionou o Corpo de Bombeiros depois de encontrar o réptil dentro de sua residência

Uma dona de casa encontrou uma jiboia de quase dois metros de sua casa. Segundo Corpo de Bombeiros, a cobra estava próxima a cama da mulher e estava muito agressiva. O caso ocorreu no bairro São Geraldo II, em Montes Claros, no Norte de Minas, na última quinta-feira (24).

Militares seguiram para o local e capturaram o réptil. A jiboia de aproximadamente 1,90 metros de comprimento foi resgatada e levada para a sede do Ibama. Conforme os bombeiros, ninguém foi atacada pelo animal.
(Hoje em Dia)

25 maio 2012

Torre de Celular começa
a ser implantada em Granada

Até que enfim a comunidade de Granada terá  sinal de celular dentro do Distrito. Uma equipe técnica deu início aos trabalhos hoje (24mai), porém apenas no final da  próxima semana é que deverá estar em funcionamento.

Uma vez que são muitos detalhes a serem ajustados, a começar pela estrutura do local, será feito o assapatamento nesta sexta-feira para a colocação, e como tem um tempo a ser respeitado, e segunda-feira é feriado no município, os trabalhos retornarão apenas na terça-feira.

Mas enfim,  a comunidade se regozija com mais este acontecimento que sempre foi direito nosso, mas  faltou interesse e compromisso com a comunidade da parte do poder público.

A Prefeitura Municipal de Abre Campo, sob a atuação do novo prefeito, fez sua parte, agora depende apenas da equipe responsável  o bom funcionamento.
(Amodig)
Mulher fica completamente nua em
avenida movimentada de Vitória/ES

Minutos depois a polícia chegou
 e Soraya teve que se vestir
25 de maio de 2012 - Uma mulher de 27 anos, que se identificou apenas como Soraya, tirou a roupa e ficou totalmente pelada em uma avenida movimentada de Vitória, no Espírito Santo.

Ocupando a grama de um canteiro central de um trecho da BR-101 que corta a cidade ela fazia poses para quem passava. Os homens gostaram, mas as mulheres reclamaram. O trânsito ficou lento por que todo mundo queria ver as cenas protagonizadas pela moça.

Quando a polícia chegou, Soraya foi obrigada e se vestir e tentou se explicar. “Foi um momento totalmente meu, se eu quebrei a cara o problema é meu, foi um trabalho. Foi necessidade, entendeu?”, declarou.
(TV Alterosa)
Político deixa cargo na Assembleia e
enfrenta problemas com terreno no Vale do Aço

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Ipatinga (Sindipa), Luiz Carlos Miranda (PDT), deixou a cadeira de deputado estadual na segunda-feira e já tem um grande problema para resolver no Vale do Aço. O sindicato que comanda deu como garantias para ações judiciais um terreno que não pertence mais à entidade e é propriedade do município. A área, que fica no Bairro Cidade Nobre e onde funciona uma unidade de atendimento à saúde, é avaliada em R$ 1,9 milhão. Miranda saiu da Assembleia Legislativa, onde ocupava o posto como suplente de Carlos Pimenta (PDT), que reassumiu o mandato depois de deixar a Secretaria de Estado do Trabalho e Emprego com a intenção de disputar, em outubro, a Prefeitura de Montes Claros.

O procurador do Ministério do Trabalho de Coronel Fabriciano, Adolfo Jacob, informa que o Sindipa tem nove processos de execução e que em três deles deu a propriedade do Bairro Cidade Nobre como garantia. Em dois desses processos já foi marcado o leilão dos bens, para o pagamento das dívidas, mas o município conseguiu impedir o arremate por meio de um recurso denominado embargo de terceiro. A última decisão favorável ao município foi dada na segunda-feira.

O vereador Roberto Carlos (PV) lembra que o terreno havia sido doado ao sindicato para que fosse construída a unidade de saúde para atender parentes dos sindicalizados. “O Sindipa ganhou a área e passou a alugá-la para o próprio município”, denuncia o vereador. Ele ressalta ainda a situação precária da construção, o que teria ajudado a convencer outros parlamentares a anular a doação. O vereador é autor de um projeto de lei que devolve o imóvel para a cidade, aprovado e sancionado no ano passado. Os vereadores também entraram com ação, com pedido de liminar, ao juizado da Fazenda Pública para que a prefeitura não pague mais o aluguel, de cerca de R$ 5 mil. A liminar foi concedida, mas os vereadores ainda aguardam o julgamento do mérito, para que seja consumada a transferência.

Desconto em folha
O
procurador afirma que as três ações que dão como garantia o terreno da prefeitura se referem a descontos indevidos na folha salarial dos trabalhadores, “Há alguns anos, o Sindipa chegou a firmar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério do Trabalho, mas voltou a efetuar a cobrança”, explica. Jacob entende, baseado em jurisprudências de instâncias superiores, que o desconto só pode ser efetuado na folha dos sindicalizados. “Os descontos, anuais, variam entre R$ 80 e R$ 400, dependendo do salário”, detalha o procurador.

Também foram apresentados como garantias terrenos do Sindipa nas cidades litorâneas de Iriri e Marataízes, no Espírito Santo. O valor da multa é de R$ 1 mil por cada sindicalizado e a quantia será destinada ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Procurada, a assessoria de imprensa do ex-deputado informou que nem ele nem o sindicato iriam se manifestar sobre o assunto.
(Estaminas)

24 maio 2012

Comissão do Senado aprova união
estável entre pessoas do mesmo sexo
O Código Civil brasileiro poderá passar a reconhecer a legalidade da união estável entre casais homossexuais. A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) aprovou, nesta quinta-feira, projeto de lei (PLS 612/2011) da senadora Marta Suplicy (PT-SP) que define como entidade familiar “a união estável entre duas pessoas, configurada na convivência pública, contínua e duradoura e estabelecida com o objetivo de constituição de família”.

A inovação legal está no fim da exigência de que a relação seja estabelecida entre homem e mulher, como estipula hoje o artigo 1.723 do Código Civil. A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) apresentou parecer favorável à matéria, que segue, agora, para votação em decisão terminativa na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). Se aprovada nesta última comissão e não houver recurso para exame pelo Plenário, a matéria poderá seguir para análise da Câmara dos Deputados.

Segundo explicou Marta Suplicy, seu projeto apenas leva para o Código Civil decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o assunto. Julgamento dessa Corte proibiu qualquer interpretação do artigo 1.723 do Código Civil que impeça o reconhecimento da união contínua, pública e duradoura entre pessoas do mesmo sexo como entidade familiar.

- Eu sinto que foi uma coisa histórica [a aprovação do PLS 612/2011 na CDH], porque o Congresso Nacional nunca aprovou nada para os homossexuais. O meu projeto [PL 1151/1995] que trata da parceria civil, muito aquém do que aprovamos hoje na CDH, está na Câmara há 16 anos e nunca foi votado. E o projeto que combate a homofobia [PLC 122/06] também está há muito tempo aqui no Senado – comentou Marta.

Insegurança jurídica
Lídice da Mata também reconheceu a capacidade do PLS 612/2011 de “finalmente retirar o Poder Legislativo da inércia em que se encontra em matéria de proteção jurídica aos casais formados por pessoas do mesmo sexo”.

- Do Poder Legislativo, de todo modo, se espera a pacificação definitiva da polêmica. A despeito dos avanços, ainda é grande a insegurança jurídica em relação à matéria, sob cujos variados aspectos os tribunais superiores ainda não se manifestaram de forma definitiva – alertou Lídice.

A proposta altera ainda o artigo 1.726 do Código Civil para abrir a possibilidade de conversão da união estável entre homossexuais em casamento a partir de requerimento dos companheiros ao oficial do Registro Civil. Nesse pedido, os interessados devem declarar não terem impedimentos para casar e indicar o regime de bens que passarão a adotar. Os efeitos da conversão valeriam da data de registro do casamento.
(Agência Senado)

Coreia do Sul anuncia primeira
castração química de estuprador
A Coreia do Sul procederá pela primeira vez a castração química de um pedófilo, condenado várias vezes pelo estupro de menores de idade, anunciou o ministério sul-coreano da Justiça.

O homem de 45 anos, identificado como Park, deve ser libertado em julho, ao fim de uma pena de 10 anos por tentativa de violação de um garoto de 10 anos.

Durante os próximos três anos, a cada três meses, Park receberá uma injeção de um produto destinado a reduzir sua libido, apesar de não ter aceitado, afirmou Kim Hyung-Yul, funcionário do ministério da Justiça.
(AFP/Agence France-Presse)
Câmara peita TSE e libera candidadura
de políticos com balanços rejeitados

Brasília – Em uma manobra de reação ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que vetou a concessão de registro eleitoral a políticos que tiveram suas contas rejeitadas em eleições anteriores, a Câmara aprovou ontem em votação relâmpago e sem estar na pauta original de votações o projeto de lei que permite a candidatura de políticos contas-sujas. Apenas a bancada do PSOL se posicionou contra o projeto. A proposta, que ainda terá de ser submetida ao Senado, estabelece que a certidão de quitação eleitoral será dada ao candidato como determina a lei, ainda que o político tenha tido suas contas desaprovadas pela Justiça Eleitoral.

A Resolução 23.376, editada pelo TSE, prevê que políticos que tenham contas rejeitadas sejam barrados nas eleições municipais de outubro deste ano. Pela norma, o político teria que obter aprovação de suas contas em todas as instâncias para obter a quitação eleitoral – o que é considerado pela maioria dos partidos como um fator de risco para muitos candidatos ao pleito municipal deste ano. Na estimativa do próprio tribunal, algo em torno de 21 mil candidatos seriam atingidos pela resolução.
Liderados pelo PT, os partidos ingressaram com recurso junto ao TSE contra a resolução, mas ainda não houve decisão. Por isso, os partidos na Câmara decidiram se antecipar e aprovaram o projeto, que altera a lei eleitoral e foi apresentado em 1997.

O texto diz que a norma entraria em vigor imediatamente, embora a legislação proíba alterações no ano do pleito. Mas os líderes dos partidos tiveram o entendimento de que a lei teria aplicação, porque o próprio TSE baixou a resolução alterando o entendimento sobre a prestação de contas. Até a resolução, bastava apresentar a prestação para obter a quitação eleitoral. Diante da necessidade agora de ter o balanço aprovado, os partidos reclamam que isso inviabiliza a candidatura de muitos candidatos, inclusive prefeitos que concorrem à reeleição, porque há casos em que os processos ainda estão em análise.

“Esse projeto regulariza a questão da prestação de contas. Temos inúmeros candidatos que deixariam de ser candidatos por conta disso (da resolução do TSE)”, disse o líder do PT na Câmara, deputado Jilmar Tatto (PT-SP), depois da reunião dos líderes partidários com o presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS).

A proposta aprovada ainda altera artigos da Lei 9.504/1997, que trata da legislação eleitoral, sobre valor de multas. O novo texto diz que, se a Justiça Eleitoral reprovar uma conta, a pena ao candidato será “unicamente o pagamento de multa no valor equivalente ao das irregularidades detectadas, acrescida de 10%”.
(Estaminas)

23 maio 2012

Capacitação para
Enfrentamento ao Tabagismo

PONTE NOVA - Foi realizada nos dias 22 e 23 de maio no Auditório do Sindicato Rural, em Ponte Nova, a capacitação para o "Enfrentamento ao Tabagismo".
           
O evento foi direcionado para os profissionais de saúde, médicos, psicólogos, enfermeiros e farmacêuticos. Mais de 180 profissionais prestigiaram o evento que esteve a cargo da Vigilância em Saúde com a coordenação dos funcionários Ana Célia Clímaco, Silvia Monteiro e Edson Brandão.

A TV Educar, Folha de Ponte Nova, Jornal Listão, Jornal Regional de Raul Soares, os sites: Pontenet e Unidade Notícias estiveram presentes na realização do evento fazendo a cobertura.

A Superintendência Regional de Saúde de Ponte Nova, atenta aos principais temas de saúde, sempre proporciona capacitações para elevar os fatos e multiplicar as informações aos municípios.

Atualmente o tabagismo é amplamente reconhecido como doença epidêmica que resulta na dependência da nicotina.

Devido à sua toxicidade, o total de mortes no mundo decorrentes  do tabagismo são atualmente cerca de 5 milhões/ano. O fumo leva metade de seus usuários à morte. Também o número de mortes anuais por câncer de pulmão, doenças esquêmicas do coração, infarto e angina, acidentes vasculares cerebrais é calculado em cerca de 2.655 (7 mortes/dia), segundo estudo cientifico do INCA/Instituto Nacional do Câncer.

As palestras estiveram a cargo de profissionais da área da saúde com os seguintes temas: “Deixando de Fumar sem Mistérios”, Psicóloga Maria Conceição Gonçalves (SRS/Divinópolis MG), “Fatores dificultadores para cessação de fumar” Drª Neylla Cristina de Freitas (SMS/Abaeté MG), “Programa Nacional de Controle do Tabagismo” Maria Celma Tavares da Silva (SRS/Divinópolis MG), “Implantando o Ambiente Livre do Tabaco”, Janice Maria Borba de Souza (SRS/Divinópolis MG).
(Wesley Moreira/Comunicação Social - SRS/ Ponte Nova  MG)
Vila Barbosa
Escolinha de Futebol do Didi à todo vapor!

O raul-soarense Edival Oliveira Machado “Didi”, morador há 30 anos da Vila Barbosa, voluntariamente dedica elogiável trabalho de manutenção de uma escolinha de futebol naquela localidade.

Didi é casado e pai de quatro filhos, aposentado que se empenha diariamente com a meninada da Vila com objetivo único de dar-lhes dignidade e ocupação capaz de tirar-lhes das ruas e inibi-los ao uso de drogas.
Para ingressar no projeto da escolinha o Professor Didi, entre os quesitos necessários, verifica e acompanha o boletim escolar dos atletas.

A Escolinha do Didi funciona há 3 anos na quadra de cimento pública cedida pela prefeitura, na própria Vila Barbosa. Conta, atualmente, com mais de cem meninos na faixa etária de 5 a 15 anos e vinte meninas de 10 a 17 que formam a equipe feminina.
Os treinamentos acontecem durante a noite e, vez ou outra, acontecem jogos com equipes raul-soarenses e equipes de localidades vizinhas.

A escolinha se mantém através de doações e rendas provenientes de eventos como campeonatos, festa junina e festa de final de ano, entre outros.
Conta também com apoio e ajuda (indispensável) de esportistas e empresários de Raul Soares que doam material esportivo.

Os moradores da Vila Barbosa se sentem orgulhosos pelo trabalho desenvolvido pela escolinha e seu responsável Didi que a conserva à todo vapor!
E esperam a sua continuidade e melhorias na infraestrutura da quadra, hoje carente de vestiários adequados com chuveiros e armários, etc. 































Luiz Carlos Miranda deixa a Assembleia
com o retorno do deputado Carlos Pimenta
  
Foi oficializado, nesta terça (22mai), o retorno à Assembleia Legislativa de Minas Gerais do deputado Carlos Pimenta, do PDT. Ele ocupava a Secretaria de Estado de Trabalho desde o início do mandato do governador Antonio Anastasia.

Carlos pimenta deixou o governo porque está cotado para disputar a prefeitura de Montes Claros. Com a volta dele, deixa a Assembleia o deputado Luís Carlos Miranda, que ficará como primeiro suplente do partido.
(almg.gov.br)
STJ publica decisão de suspensão de
liminar de afastamento de prefeito de
Caratinga
João Bosco Pessine retorna à Prefeitura pela 3ª vez

Teve início no final desta manhã de quarta-feira (23/05) no Wind´s Plaza Hotel, uma coletiva de imprensa com o prefeito João Bosco Pessine, que retorna ao cargo após a suspensão de liminar de afastamento deferida em decisão monocrática pelo ministro-presidente do Superior do Tribunal de Justiça de Minas de Gerais, Ari Pargendler. A decisão foi publicada oficialmente hoje e já consta no portal de acompanhamento de processos eletrônicos do STJ.

Conforme regimento interno do STJ, após a decisão monocrática, o pedido de suspensão de liminar deverá passar pela análise do Colegiado, quando os ministros que compõem o Superior darão seu parecer, porém, não existe ainda um prazo determinado para que isso aconteça. Durante este período, o prefeito João Bosco Pessine segue autorizado a ocupar o seu cargo. O Ministério Público Federal ainda  não se pronunciou a respeito da decisão.

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Ari Pargendler, acolheu o pedido da defesa de João Bosco Pessine Gonçalves para que ele retorne ao cargo de prefeito do município de Caratinga (MG). Gonçalves foi afastado de suas funções por decisão do juiz de direito da 2ª Vara Cível daquela comarca. 

Segundo o ministro Pargendler, em sua decisão, o afastamento, desprovido de fundamento, pode constituir indevida interferência do Poder Judiciário, causando instabilidade política. 

“Na espécie, é disso que aparentemente se trata, porque a decisão impugnada não indicou nenhum elemento concreto a evidenciar que o requerente [o prefeito] possa dificultar a instrução processual. Ao contrário, a decisão afirma que a prova já constante dos autos é suficiente para demonstrar a existência de graves ilícitos praticados por parte dos réus”, afirmou o presidente do STJ. 

O Ministério Público de Minas Gerais ajuizou ação civil pública contra João Bosco Gonçalves e outros por supostos atos de improbidade administrativa. O juiz da 2ª Vara Cível da Comarca de Caratinga determinou o afastamento do prefeito e de outros ocupantes de cargos públicos por considerar haver elementos suficientes para demonstrar a prática de condutas incompatíveis com seus deveres funcionais. 

“Faz-se necessário o afastamento dos requeridos dos cargos que ocupam, para a garantia da ordem pública, preservação do erário municipal e instrução processual, até porque, nos termos do artigo 20, parágrafo único, da Lei 8.429/92, tal medida ocorre sem prejuízo da remuneração dos agentes”, afirmou a decisão do juiz de primeiro grau. 

Seguiu-se pedido de suspensão, inicialmente deferido pelo presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais. Essa decisão foi depois reformada em julgamento de agravo regimental. Daí o pedido de suspensão perante o STJ, no qual se alega que o juiz limitou-se a repetir as expressões da lei e que o afastamento do prefeito se deu antes mesmo de ele ser ouvido. 
(Super Canal Caratinga)
Regional do Açúcar paralisado
por falta de segurança

O Campeonato Regional de Futebol 2012, promovido pela Liga Independente de Futebol de Urucânia, está paralisado por falta de segurança (policiamento) nos estádios de algumas cidades, durante a realização de jogos.

Essa decisão foi tomada após reunião realizada na noite de ontem (22mai), naquela cidade e pela representação daquela organização esportiva.

O presidente da liga, Carlão, esclarece que a medida visa resguardar a integridade física de jogadores, árbitros e da própria torcida.
Sem policiamento é impossível o prosseguimento dessa importante competição para a região onde a cana-de-açúcar faz parte da economia. 
Disse mais, que vai se empenhar junto à Polícia Militar para que o campeonato prossiga e possa dignificar o esporte da região. 

Vale ressaltar que em Raul Soares, no estádio Sant’Ana, onde o Operário realiza seus jogos, não faltou policiamento em nenhum dos jogos realizados até o momento, considerando a competição deste ano e de anos anteriores.

22 maio 2012

A Dilma de Ferro

Ideologia ou estratégia,  Dilma Rousseff tomou a atitude mais ousada de um presidente desde a extinção do AI5 em janeiro de 1978, pelo Presidente Ernesto Geisel. Quando Armínio Fraga foi sabatinado pelo Senado Federal em 1999 o ex-senador Lauro Campos, já falecido, naquele dado momento disparou a metralhadora ideológica do PT junto com Jéferson Peres e Heloísa Helena, dizendo que o brasileiro paga de juros em um ano o que o japonês leva 150 anos para pagar.
     
O Banco Itaú/Unibanco teve um lucro líquido de R$ 16 bilhões, ou seja mais de 2 milhões de salários mínimos mensais, este valor só é inferior ao orçamento dos três maiores Estados Brasileiros São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.
     
A passagem bíblica da "Sarça Ardente" narra um momento importante da história, em que Moisés precisava destruir a mente coletiva de um povo cuja escravidão não passava de um poderoso inimigo alojado em suas mentes, o fogo desenvolvia sem que a sarça se queimasse, na prática o fogo significa o medo e o arbusto que não se queimava significa que Moisés não dependia de nenhuma força da natureza para agir, ou seja, Dilma precisa apenas de sua determinação.

Margarecth Tatcher, primeira ministra britânica, ficou conhecida como a Dama de Ferro pela decisão de invadir as Malvinas, a guerra contra os banqueiros, ao meu ver, seria a decisão mais ousada de todos os tempos tomada por um presidente da República do Brasil, além disso juros mais baixos significa maior liquidez, menor inadimplência e risco menor, o capitalismo não sobrevive sem lucros, mas, estes devem ser coerentes com os interesses da Nação, ou seja, juros menores crescimento maior e lucros maiores de forma que a ordem dos fatores não alteram o produto no caso os lucros.

Dilma pode passar para a história como "A DAMA DE OURO".
(Geraldo Magalhães/Matipó)
Delegado de Inhapim
assumirá regional de Manhuaçu
O delegado Wellington Moreira de Oliveira que atualmente está à frente da delegacia de Inhapim será o novo delegado regional de Manhuaçu. A mudança faz parte de um processo iniciado com as substituições dos delegados de Ipatinga e de Caratinga.

A informação foi divulgada pelo Chefe do 12º Departamento de Polícia Civil, delegado Walter Felisberto, responsável pela coordenação de seis delegacias regionais da área de Ipatinga.

O atual delegado regional da Polícia Civil de Caratinga, Gilberto Simão de Melo, vai assumir a delegacia regional de Ipatinga. O delegado Alexsander Esteves Palmeira (que coordena Ipatinga) passa a ser o adjunto no DPC, para suprir a falta do delegado Lourival Silva Pereira (ex-delegado regional de Manhuaçu), que também se aposentou.

O delegado de Barão de Cocais, Sílvio Henrique Pagy Correa, vai para a delegacia de Caratinga, e Wellington Moreira de Oliveira, que é delegado em Inhapim, assume a delegacia regional de Manhuaçu.

Ao explicar as mudanças, o chefe do 12º DPC, Walter Felisberto, afirma que a mudança é uma rotina e são vários os motivos que levam a ela, entre eles a aposentadoria do delegado regional de Manhuaçu, José Carlos Bolsoni. “As vezes, uma mudança desencadeia outras. Algumas são planejadas, e outras antecipadas”, explicou.

O delegado Wellington Moreira, que já foi candidato a deputado estadual e a vice-prefeito de Caratinga, estava lotado em Inhapim e com a promoção foi designado para assumir o comando da Delegacia Regional de Manhuaçu.
(Carlos Henrique Cruz - Fotos Diário das Gerais / TV Super Canal)